Publicidades

12/01/2018 | 05:38 | Polícia

Suspeito de executar primos que cavaram a própria cova é preso em Santo Antônio da Patrulha

Execução foi gravada pelos próprios criminosos, que divulgaram o vídeo nas redes sociais

Reprodução / Reprodução


Um dos investigados pela execução de primos que foram obrigados a cavar a própria cova, antes de serem mortos e queimados em Gravataí, foi preso na noite de quarta-feira (10), em Santo Antônio da Patrulha. A execução foi gravada pelos próprios criminosos, que divulgaram o vídeo nas redes sociais.


Julio César Silva foi preso por tráfico de drogas na área rural do município. Na delegacia, foi verificado que ele possuía ligação com a execução. Outros dois suspeitos do crime, Heverton de Brito, 18 anos, foi preso, e Moisés Uilian da Silva Silveira está foragido. 


As vítimas do crime foram identificadas como Vitor da Rosa, 22 anos, e Vagner da Rosa, 17. Nenhum dos dois tinha antecedentes criminais. Eles foram identificados com base em suas impressões digitais.


Os dois corpos foram encontrados carbonizados no Loteamento Xará, em Gravataí. As vítimas foram mortas a tiros e queimadas.


 

Fonte: Gaúcha ZH

Mais notícias desta categoria

17/12/2018 | 15:56

Acidente com feridos na BR 285

Publicidades


Mario Junior designer