Publicidades

11/06/2018 | 18:06 | Educação | Três de Maio

Pedagogia da Setrem oferece maior número de bolsas remuneradas da história

Acadêmicos poderão se candidatar a 48 bolsas remuneradas e 12 bolsas para voluntariado em programas de iniciação à docência e residência pedagógica

SETREM/divulgação


Com a publicação dos novos editais do Programa Institucional de Bolsa de Iniciação à Docência (Pibid) e do novo Programa de Residência Pedagógica, anunciados pelo Ministério da Educação (MEC), a Setrem vai oferecer 48 bolsas remuneradas e 12 bolsas para voluntariado aos acadêmicos do curso superior de Licenciatura Plena em Pedagogia. Este é o maior número de bolsas oferecidas na história do curso, somados os dois programas.


Após a divulgação dos editais, as Instituições de Ensino Superior (IES) indicaram os municípios para realização dos Programas, os quais foram selecionados pelo MEC. Na sequência, as Secretarias Municipais de Educação devem selecionar as escolas onde serão realizadas as práticas de docência e os estágios curriculares supervisionados.


Neste sentido, em reunião na tarde de quarta-feira, 6 de junho, a direção da Setrem apresentou as novas diretrizes dos dois programas aos secretários municipais de Três de Maio, Horizontina, São José do Inhacorá e Boa Vista do Buricá. “Nos próximos dias os programas serão encaminhados ao MEC e em julho os bolsistas serão selecionados pela Setrem, sendo que as atividades iniciam em agosto, com duração de 18 meses para ambos”, explicou a coordenadora do curso de Pedagogia, Renati Fronza Chitolina.


Para a secretária de Educação, Cultura e Esporte de Três de Maio, Tânia Georgi, a adesão aos programas vai contribuir com a aprendizagem e a troca de experiências aos acadêmicos. “É importante os acadêmicos acompanharem a vivência da escola, porque depois quando seguirem suas carreiras já possuem experiências bem maiores dentro do que é a sala de aula e o que é ser professor”, avaliou. No município, o Pibid apenas era realizado na rede estadual.


Em Horizontina, segundo a secretária de Educação, Cultura, Juventude e Lazer, Ivete Callegaro da Silva, o Pibid já acontecia na rede municipal e contribui muito para a educação do município. “Estávamos esperando novamente sermos contemplados e agradecemos à Setrem pela oportunidade em abrir as portas aos nossos estudantes universitários. A comunidade escolar agradece e ganha muito com isso, ainda mais esse ano, com a inclusão da residência pedagógica”, comemora.


Como funcionam o Pibid e o novo Programa de Residência Pedagógica


O novo edital do Pibid tem por objetivo promover a iniciação do licenciando no ambiente escolar ainda na primeira metade do curso, visando estimular, desde o início da jornada do futuro docente, a observação e a reflexão sobre a prática profissional no cotidiano das escolas públicas de educação básica. Os selecionados serão acompanhados por um professor da escola e por um docente de uma das instituições de educação superior participantes do programa.


Já o Programa de Residência Pedagógica visa a induzir o aperfeiçoamento do estágio curricular supervisionado, por meio da imersão do licenciando numa escola de educação básica, quando ele já estiver na segunda metade do curso. A imersão deve contemplar, entre outras ações, regência de sala de aula e intervenção pedagógica.


Assim como no Pibid, cada selecionado será acompanhado por um professor da escola com experiência na mesma área de ensino do licenciando, e por um docente de instituição de educação superior. O lançamento desses dois editais, além de assegurar a continuidade do Pibid, visa o aperfeiçoamento da formação de professores para a educação básica e com a valorização dos cursos de licenciatura.

Fonte: Assessoria SETREM

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer