Publicidades

04/08/2014 | 21:34 | Polícia | Trânsito

Testemunha conta que era adolescente quem dirigia o carro

Assistente social relatou à polícia que o menino estava ao volante quando a Parati caiu no barranco

Foto: Brigada Militar Nova Palma / Divulgação


Uma assistente social contou à Brigada Militar de Nova Palma mais uma informação sobre o acidente de trânsito ocorrido em Faxinal do Soturno no final da tarde de domingo. Segundo ela, o menino abandonado pelo pai no local do acidente estava dirigindo a Parati.


A testemunha relatou que ela e o marido trafegavam na ERS-149, no sentido Faxinal do Soturno-Nova Palma, quando a Parati, que vinha no sentido oposto, invadiu a pista contrária. Em seu relato, ela conta que, para desviar do seu carro, a Parati caiu em um barranco. Neste momento, ela viu que era o menino quem dirigia o carro.


O pai teria trocado de lugar com o filho para tentar tirar o carro do barranco. Ao voltar para a pista, ele teria colidido em um terceiro carro, um Gol, que parado na pista, esperando pelo fim da manobra. Neste momento, relatou a testemunha, a Parati caiu no barranco novamente, e o pai do menino fugiu.


O delegado titular da Polícia Civil de Faxinal do Soturno, Gabriel Zanella, não confirma a identidade, mas informa que foram ouvidas cinco testemunhas. De acordo com as testemunhas, era comum o pai entregar a direção ao filho quando estava alcoolizado.


Segundo ele, a polícia foi até a residência do homem, mas ele não foi encontrado. A polícia segue a procura dele. Zanella informou, ainda, que o pai do adolescente não tinha CNH.

Fonte: Zero Hora

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer