Publicidades

21/08/2019 | 08:01 | Educação

Projeto Piloto da Escola Rui Barbosa em São José do Inhacorá

Aline Luciane Kuhn


A Mestranda do Programa de Pós-Graduação em Tecnologias Educacionais em Rede (UFSM), Ana Cristina Martinelli, Pedagoga da Secretaria Municipal de Educação, vem desenvolvendo desde o inicio do ano letivo de 2019 um PROJETO PILOTO no 1º Ano do Ensino Fundamental sobre “O desenvolvimento do Pensamento computacional por meio de atividades desplugadas”.



Ana Cristina relata que o objetivo do projeto é “O Pensamento Computacional é uma abordagem de ensino que usa diversas técnicas advindas da Ciência da Computação, no entanto em uma visão inovadora, além de desenvolver habilidades de programação e codificação, desenvolve também habilidades para a resolução de problemas, raciocínio lógico, lateralidade, entre outras”. Ressalta ainda que a implantação deste projeto dar-se-á de forma gradual no turno integral que também é um PROJETO PILOTO no município, sendo que com o término do 1º semestre já poderão ser constatados os resultados preliminares.



A acadêmica se apaixonou tanto pelo projeto que em sua dissertação de Mestrado abordará o assunto “Pensamento Computacional”, tendo seu projeto de Mestrado como título provisório “Do Plugado ao Desplugado: Um Update para o desenvolvimento do Pensamento Computacional nas Séries Iniciais do Ensino Fundamental por Meio de Atividades Desplugadas”.



Para a acadêmica este é um projeto inovador na região, pois desconhece que algum município desenvolva algum projeto neste sentido, principalmente com o método utilizado, pois a ideia partiu de um artigo desenvolvido pela acadêmica, juntamente com os colegas Ana P. Rodrigues Machado, Francis Schappo e Júlio C. M. da Silva tendo como professor da disciplina e orientador do artigo o prof. Drº Christian Puhlmann Brackmann, tendo como proposta pioneira no Brasil o ensino do Pensamento Computacional desplugado. O artigo desenvolvido pelos acadêmicos teve como título “Chapeuzinho Vermelho Desplugada: Ensinado Conceitos de Computação a Crianças com Deficiência Visual”.



Abaixo segue algumas fotos dos alunos do 1º ano realizando algumas das atividades a partir das regras e dos tabuleiros adaptados para o 1º ano.


Fonte: Aline Luciane Kuhn

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer