Publicidades

02/10/2019 | 06:38 | Polícia | Trânsito

Morre segunda vítima de atropelamento de família em Passo Fundo

Carlos Eduardo Trelha Miranda e sua esposa, Gisele Pereira Venegaz, morreram no Hospital São Vicente de Paulo. Bebê do casal segue internado no CTI

Vítimas foram atropeladas no acostamento da via - Leandro Vesoloski / Rádio Uirapuru


Mais uma vítima do atropelamento de uma família na RS-324, em Passo Fundo, morreu na madrugada desta terça-feira (1º). Carlos Eduardo Trelha Miranda, de 20 anos, não resistiu aos ferimentos. Ele estava acompanhado da mulher e do filho do casal — um bebê de um ano e seis meses — caminhando no acostamento da via, na manhã de segunda-feira (30), quando um caminhão os atropelou.


Os três foram encaminhados para o Hospital São Vicente de Paulo, em Passo Fundo. A mulher, identificada como Gisele Pereira Venegaz, de 21 anos, morreu durante cirurgia. O bebê está no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) e, segundo a assessoria do hospital, inspira cuidados.  


Os três foram atingidos por um caminhão no km 118 da via. O condutor, segundo o 1º BRPM, tentou desviar das vítimas. O caminhão, com placas de Santa Catarina, estava vazio no momento do acidente. O motorista foi submetido ao teste do bafômetro, que não constatou embriaguez.


A delegada responsável pelo caso, Daniela de Oliveira Mineto, conta que um inquérito foi instaurado e o caminhão encaminhado à perícia.   

Fonte: Gaúcha ZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer