Publicidades

19/10/2019 | 19:14 | Esporte

Fortaleza sai atrás, mas vira sobre Grêmio no Castelão

Leão vence Tricolor gaúcho por 2 a 1 neste sábado e se distancia do Z-4 em partida que marcou o 100º jogo de Rogério Ceni

Globo Esporte


O Fortaleza sofreu, batalhou e se segurou. Mas pôde festejar seu aniversário de 101 anos e o 100º jogo sob o comando de Rogério Ceni com vitória. Neste sábado, o Leão venceu a equipe reserva do Grêmio de virada por 2 a 1 no Castelão, pela 27ª rodada do Brasileirão. Paulo Miranda abriu o placar para os gremistas. Wellington Paulista e Osvaldo construíram a virada em seis minutos ainda no primeiro tempo.


Na tabela


Com a vitória, o Fortaleza se afasta do Z-4: é 13º, com 31 pontos. O Grêmio "trava" em sétimo, com 41, e não só pode ser ultrapassado pelo Bahia, como pode ver o Inter abrir quatro pontos de distância no G-6.


Próximos compromissos


O Fortaleza volta a campo no próximo sábado, às 21h, para enfrentar o Cruzeiro no Mineirão pela 28ª rodada do Brasileirão. O Grêmio agora respira Libertadores: na próxima quarta, às 21h30, a equipe duela com o Flamengo no Maracanã no jogo da volta da semifinal. Depois, pelo Brasileiro, o Tricolor gaúcho recebe o Botafogo na Arena às 16h do domingo.


Primeiro tempo


Mesmo com time reserva, o Grêmio impôs seu estilo de jogo habitual de toque de bola e começou a partida em cima do Fortaleza. Prova disso é que abriu o placar cedo, aos 9, com Paulo Miranda após cobrança de falta de Galhardo. E parou por aí.


Após 15 minutos apáticos, o Leão passou a explorar a velocidade de seus jogadores de lado para levar perigo ao rival. Foi assim que a equipe não só assumiu o controle do jogo, como construiu a virada, em dois cruzamentos. Aos 34, Romarinho avançou pela esquerda e mandou para a área. Wellington Paulista se antecipou a David Braz e empurrou para as redes. Seis minutos mais tarde, o centroavante apareceu pela direita e cruzou para Osvaldo virar a partida.


Segundo tempo


Atrás no placar, o Grêmio voltou do intervalo com postura mais agressiva para a segunda etapa – algo que se intensificou com as entradas de Everton e Patrick nas vagas de André e Michel, aos 16. Antes disso, André até empurrou a bola para as redes, mas o árbitro marcou falta de David Braz na origem do lance. Aos 23, cebolinha obrigou Felipe Alves a fazer grande defesa.


O Fortaleza passou a controlar a pressão rival e ainda levou perigo em uma finalização de Kieza, aos 30. Phelipe fez a defesa. O Grêmio teve uma chance derrradeira aos 43, com Romulo. O volante recebeu livre na entrada da pequena área e isolou. Foi o decreto da vitória do Fortaleza.


Virada em seis minutos


O Fortaleza viveu 15 minutos de pane no início da partida, mas não custou a construir a virada ainda no primeiro tempo. Pelo contrário: precisou de apenas seis minutos para isso.


A fórmula encontrada pelo Leão foi explorar a velocidade pelos lados. Deu certo. Aos 34, Romarinho avançou pela esquerda e cruzou no primeiro poste. Wellington Paulista se antecipou a David Braz e completou para as redes. Depois, aos 40, o centroavante apareceu pela direita e mandou para a área. Osvaldo selou a virada.

Fonte: Globo Esporte

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer