Publicidades

13/08/2020 | 08:07 | Geral

Sem concurso na TV, nova Miss Brasil será anunciada na próxima semana; entenda como será o evento

O nome da nova miss, que já foi escolhida pela júri, será revelado no dia 20 de agosto

Júlia Horta foi a vencedora do Miss Brasil 2019 - Priscila Prade / Band, Divulgação


Em razão da pandemia, o concurso Miss Brasil teve seu formato adaptado para a edição deste ano. O nome da brasileira que representará o país no Miss Universo será conhecido no dia 20 de agosto, às 20h, no YouTube. De acordo com a organização, a nova Miss já está escolhida pelo júri.


A eleita receberá a coroa da mineira Júlia Horta, Miss Brasil 2019 e top 20 no Miss Universo do ano passado. Não haverá plateia na coroação por conta das medidas de distanciamento social.


A data do Miss Universo está marcada par o primeiro trimestre de 2021, no Estados Unidos. Trata-se do maior concurso de beleza feminina do mundo, que é transmitido ao vivo anualmente para uma plateia de mais de 1 bilhão de telespectadores em quase 200 países.


O Brasil começou a marcar presença no concurso no ano de 1952 e conquistou, naquela época, o segundo lugar com a baiana Martha Rocha, que morreu no mês passado. 


Os títulos brasileiros vieram em duas oportunidades: em 1963, com a gaúcha Ieda Maria Vargas, e em 1968, com a baiana Martha Vasconcellos.


Como será a escolha


Em vídeo publicado no dia 7 de julho, no canal oficial do U Miss no YouTube, o novo diretor nacional do concurso no país, o empresário gaúcho Winston Ling, revelou que a nova representante brasileira será indicada.


Segundo Ling, para essa indicação, uma comissão de jurados vai escolher uma entre as atuais misses brasileiras. Essa equipe analisou  perfis, fotos e entrevistas publicadas nas mídias sociais e internet.


 — Estamos correndo contra o tempo, já que adquiri recentemente a franquia, agora na metade do ano. Infelizmente, não vamos poder fazer um concurso como nos anos anteriores, com plateia e grande público. Assim como vários outros países já fizeram, vamos indicar uma representante do Brasil dentro dos critérios que o Miss Universo exige — explicou o novo dono do Miss Brasil ao jornalista baiano Roberto Macêdo, coordenador nacional do projeto.


 Até 2019, o Miss Brasil era realizado pela gigante Polishop, por meio de sua marca de cosméticos Be Emotion, em parceria com a Band TV. Entretanto, no ano passado, o contrato entre as empresas acabou e não foi renovado, descontinuando a realização da competição de beleza. 

Fonte: Gaúcha ZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades


Mario Junior designer