Contador de visitas

utilizadores online
28/01/2016 | 09:31 | Praia Notícias | Geral Insatisfeita com a Casan, prefeita de Bombinhas abre nova licitação para concessão de água e esgoto Casan é responsável por contrato de R$ 56 milhões no município. Obras começaram em 2015, na Av. Leopoldo Zarling

Foto: Lucas Correia / Agência RBS


A prefeita de Bombinhas, no Litoral Norte de Santa Catarina, Ana Paula da Silva, lançou na semana passada um novo edital de concessão de água e esgoto do município. Atuando desde 1993 na cidade, a Casan está perto de perder seu contrato, segundo apurou a reportagem do DC.


A decisão final da prefeita será anunciada em coletiva de imprensa nesta quinta-feira de manhã, às 9h.


– Chegamos na saturação com a Casan. Esperávamos investimentos de R$ 135 milhões e eles não fizeram nada disso. Esse ano melhorou, mas não está como queremos – reclamou Ana Paula.


A decisão pelo rompimento com a estatal deve ser tomada ainda na noite desta quarta-feira, quando a prefeita se reúne com o corpo jurídico do município.


O novo edital em andamento prevê prestação de serviços de água e esgoto. No entanto, a prefeita está insatisfeita atualmente apenas com os trabalhos de saneamento da Casan. Nos últimos anos, o serviço de água melhorou na cidade, de acordo com ela.


Mesmo que tenha o contrato rompido, a Casan poderá participar da nova licitação, segundo Ana Paula.


– Basta eles mostrarem que tem condições de cumprir o edital – afirmou.


A prefeita preferiu não dar outros detalhes do que ocorreria em caso do rompimento do novo contrato antes da reunião com a assessoria jurídica.


Outro lado


A Casan se manifestou dizendo que mantém o projeto de ampliação do sistema de esgotamento sanitário em Bombinhas, iniciado em 2015 na Av. Leopoldo Zarling e que terá um investimento total de R$ 56 milhões – metade proveniente da agência de fomento japonesa Jica e metade com recursos próprios.


Segundo a assessoria de imprensa da Casan, a companhia já está com o edital pronto para fazer a concorrência da empresa que tocará as obras, mas o documento só será publicado após o corpo técnico da Jica liberar o projeto. A licença ambiental prévia para as obras foi concedida em novembro de 2015.


Resumo das obras:


– Ligações domiciliares – 2.530 unidades


– Rede coletora – 34.983 m


– Estações Elevatórias de Esgoto – 6 unidades


– Emissário Terrestre – 3.352 m


– Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) – vazão 100 L/s


– Cobertura com coleta e tratamento de esgoto após final das obras => 65%.

Fonte: O Sol Diário


Localizar notícia:

Jornalista Responsável: Paulo Airton Pires Marques
Reg. Prof. MTE/DRT/RS n° 16408
CNPJ: 15251707/0001-48
Telefone: 55 9645-2601(Whatsapp)
E-mail: paulomarquesnoticias@paulomarquesnoticias.com.br
Rua Professor Del Aglio, 128, Três de Maio-RS - CEP 98910-000