Contador de visitas

utilizadores online
12/09/2017 | 06:23 | Polícia Preso em Brasília, Joesley terá banho frio e cama de concreto em cela de 9 metros quadrados Proprietário da JBS e o executivo Ricardo Saud chegaram na tarde desta segunda-feira na sede da Polícia Federal em Brasília

Foto: Valter Campanato /Agência Brasil


Um dos proprietários do grupo J&F, que controla a JBS, Joesley Batista ficará preso em uma cela de 9 metros quadrados na Superintendência da Polícia Federal (PF) em Brasília. No local, a cama é de concreto, com um colchão fino, o banho é frio e não há vaso sanitário. 


Além de Joesley, o executivo Ricardo Saud também está preso no local. A PF ainda não decidiu se eles ficarão em celas separadas.


Ao chegarem na sede da PF, na tarde desta segunda-feira (11), os dois foram recebidos sob protesto. Um pequeno grupo de manifestantes carregava faixas e cartazes com frases como "Joesley, a Papuda te espera de celas abertas", em alusão à penitenciária de Brasília.


Joesley e Saud se entregaram à Polícia Federal, em São Paulo, na tarde de domingo (10). Eles foram presos por ordem do ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), por suspeita de violar a delação premiada.


O pedido de prisão temporária foi feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Fachin também suspendeu temporariamente o acordo de delação premiada assinado com a JBS. 

Fonte: Zero Hora


Localizar notícia:

Jornalista Responsável: Paulo Airton Pires Marques
Reg. Prof. MTE/DRT/RS n° 16408
CNPJ: 15251707/0001-48
Telefone: 55 99645-2601(Whatsapp)
E-mail: paulomarquesnoticias@paulomarquesnoticias.com.br
Rua Professor Del Aglio, 128, Três de Maio-RS - CEP 98910-000