Contador de visitas

utilizadores online
28/10/2017 | 20:28 | Esporte Inter é surpreendido no Beira-Rio e perde para o Ceará Jogo, que teve quase 40 mil colorados, poderia definir virtualmente a subida do time de Guto Ferreira para a Série A

Carlos Macedo / Agência RBS


Na hora do jogo, a chuva caiu com mais força. O céu cinza contrastou com o ambiente festivo e empolgado que emanava das arquibancadas praticamente lotadas. Em campo, Guto Ferreira botou o time que treinou, com Alemão na lateral direita, Charles como volante e Roberson de centroavante. 


Empolgado por alcançar Falcão e Carlitos e empatar na 10ª colocação entre todos os jogadores que mais vestiram a camisa do Inter, D'Alessandro começou o jogo em altíssima rotação. Foi ele quem fez a primeira jogada de perigo ao cruzar a bola para a área e o zagueiro Luiz Otávio cabeceou para trás, quase fazendo contra.


Mas o ímpeto inicial arrefeceu. Bem marcado pelo Ceará, o time parou de produzir ofensivamente _ e ainda levou um susto aos 22, quando Elton arriscou de fora da área, ao lado da trave de Danilo.


E até o intervalo foi mais ou menos isso aí mesmo. Sem Damião, o Inter perdeu duas características importantes: presença ofensiva e marcação alta. Roberson até se movimentou e apareceu, mas ficou longe da imposição do titular.


O Inter voltou do intervalo sem alterações, e quase levou o primeiro gol. Elton avançou pelo lado esquerdo, foi desarmado, o rebote sobrou para Pedro Ken fuzilar e Danilo Fernandes fazer uma defesa salvadora.


Aos 10 minutos, enfim, o Inter teve uma oportunidade clara de gol. D'Alessandro cobrou falta para a área, Cuesta cabeceou à queima-roupa, o goleiro fez milagre e Charles perdeu no rebote. 


Quando cresceu no jogo e finalmente deu indícios de que venceria, tomou o gol. Uma jogada pelo lado esquerdo do Ceará teve vantagem sobre Alemão e drible sobre Danilo Silva. Lima deixou Elton sem goleiro e foi só encostar para dentro, 1 a 0.


Imediatamente, Guto Ferreira chamou Camilo e Nico López, que entraram nas vagas de Charles e Roberson. Obviamente, o Inter melhorou. Três minutos depois das trocas, Everson salvou o Ceará milagrosamente. D'Alessandro encontrou Pottker na esquerda, o atacante dominou e encheu o pé, e o goleiro fez grande defesa, no reflexo. Uendel pegou o rebote e concluiu na gaveta para outro voo do camisa 1 cearense.


Aos 27, Edenilson arriscou de longe, Everson espalmou e Pottker perdeu. Guto, então, sacou Sasha e colocou Carlos.


Aos 33, um cruzamento da direita foi afastado pelo goleiro exatamente onde estava Uendel, que arriscou e Rafael Pereira salvou.


A pressão do final do jogo não surtiu efeito, e o Inter adiou seu retorno. Próxima chance: sexta-feira, 19h15min, contra o CRB.

Fonte: Gaúcha ZH


Localizar notícia:

Jornalista Responsável: Paulo Airton Pires Marques
Reg. Prof. MTE/DRT/RS n° 16408
CNPJ: 15251707/0001-48
Telefone: 55 99645-2601(Whatsapp)
E-mail: paulomarquesnoticias@paulomarquesnoticias.com.br
Rua Professor Del Aglio, 128, Três de Maio-RS - CEP 98910-000