Contador de visitas

utilizadores online
29/10/2017 | 21:21 | Esporte Grêmio sai vencendo, mas cede o empate ao Avaí na Ressacada Rafael Thyere e Kaio marcaram os gols do Tricolor no 2 a 2 em Florianópolis

Cristiano Estrela / Diário Catarinense


O Grêmio deixou escapar a chance de voltar ao segundo lugar do Brasileirão. Neste domingo, na Ressacada, chegou a estar na frente do Avaí, o que lhe faria subir duas posições, mas cedeu o empate em 2 a 2 e, com isso, manteve-se atrás de Palmeiras e Santos. Com foco na Libertadores, Renato Portaluppi escalou um time misto, que voltou a exibir fragilidades no segundo tempo. Pelos assustadoers minutos finais, não há razões para se queixar do resultado.


Mesmo atrapalhado pela falta de entrosamento, o time misto do Grêmio praticamente não correu riscos contra um adversário abalado pela ameaça de rebaixamento. Michel, que ainda busca uma vaga no time contra o Barcelona-EQU, compensou a falta de ritmo de Cristian com sua conhecida capacidade de organização do jogo, muitas vezes com passes longos.


Kaio, na função de Ramiro, custou um pouco para achar seu espaço, mas depois superou com sobras a dificuldade inicial. Mas foi Everton quem fez a diferença, com estocadas agudas pela esquerda e também avanços pelo meio. De seus pés, surgiu o primeiro gol. Aos 11 minutos, deslocado pela direita, ele fez ótimo passe para Thyere, que venceu Douglas com um chute cruzado.


Um erro de arbitragem evitou que o placar fosse aumentado. A 26 minutos, em cobrança de falta, Cristian rolou a bola para Michel, que chutou forte e fez com que Douglas desse rebote. Bressan, em posição legal, completou para a meta, mas o gol foi anulado.


Na base da pressão, o Avaí chegou ao empate. O veterano Marquinhos, faz-tudo do time, bateu escanteio da direita e após um afastamento curto, Pedro Costa se impôs no corpo a Patrick e acertou um chute violento, de pé direito, sem defesa para Paulo Victor. 


Aos 35, Everton voltou a ser protagonista e fez justiça no marcador. Apanhou um cruzamento de Leonardo, passou com facilidade por Leandro Silva e antes que a bola escapasse pela linha de fundo, cruzou rasteiro na direção de Kaio, que completou para a rede e marcou seu primeiro gol como profissional, o segundo do Grêmio no jogo.  


A correria um tanto desorganizada de parte a parte foi a marca do segundo tempo. Logo no começo, Paulo Victor mostrou sua importância ao fazer defesa difícil em cabeçada de Leandro Silva. O Avaí voltaria a levar perigo pouco depois, em chute de Judson, de fora da área. Logo o Grêmio se recompôs e perdeu uma chance clara para ampliar e, quem sabe, definir o jogo. Aos nove minutos, em seu melhor momento no jogo, Jael serviu a Michel, que chutou muito perto, na parte externa da rede.


Como castigo, veio o empate. Outra vez em lance originado em escanteio. Depois de Paulo Victor afastar para a fora da área, Betão concluiu na direção do gol e, no meio do caminho, Leandro Silva desviou e fez 2 a 2. 


Renato percebeu a queda de rendimento e fez duas trocas, dando chance a Beto da Silva e Jean Pyerre. Só que, desgastado, Everton já não se impunha mais aos marcadores, o que representava um grave prejuízo ofensivo. Ao mesmo tempo, o desespero transformava o Avaí em uma equipe perigosa, com ataques que buscavam o camaronês Joel e frequentemente pegavam a defesa do Grêmio fora de lugar.  


Ainda que Jean Pyerre mostrasse talento para avançar com a bola dominada na tentativa de criar, foi o Avaí quem esteve mais perto de marcar. Nas últimas chances, a 39 minutos, Maurinho, de fora da área, acertou o travessão, e Joel, a 43, fez Paulo Victor brilhar de novo. Agora, tudo é Libertadores.

Fonte: Gaúcha ZH


Localizar notícia:

Jornalista Responsável: Paulo Airton Pires Marques
Reg. Prof. MTE/DRT/RS n° 16408
CNPJ: 15251707/0001-48
Telefone: 55 99645-2601(Whatsapp)
E-mail: paulomarquesnoticias@paulomarquesnoticias.com.br
Rua Professor Del Aglio, 128, Três de Maio-RS - CEP 98910-000