Contador de visitas

utilizadores online
08/11/2017 | 14:51 | Praia Notícias | Polícia Bases de segurança são alvejadas por tiros em Tijucas e Porto Belo

Luiz Carlos de Souza / NSC TV / NSC TV


Duas unidades de segurança pública foram alvejadas por disparos de arma de fogo entre a tarde e a noite desta terça-feira (07). A primeira unidade atingida foi a delegacia de Tijucas, na Grande Florianópolis, no final da tarde. Horas depois, por volta de 23h30min, foi a vez da base da PM, em Porto Belo, no Vale do Itajaí. 


Segundo a Polícia Militar informou ao G1-SC, os disparos foram em represália a morte de um jovem de 24 anos na tarde do mesmo dia. O suspeito morreu em uma troca de tiros com a PM enquanto a corporação apoiava a Celesc no corte de energia de residências. 


- Acredita-se que o atentado seja uma represália por conta da morte de um criminoso após confronto com policiais na cidade de Tijucas, bem como por conta da prisão de dois traficantes pela manhã, no Bairro Santa Luzia, em Porto Belo, presos por tráfico de crack - informou a PM  ao G1-SC.


No entanto, na manhã desta quarta-feira (8) a PM e a Polícia Civil não souberam informar se as mesmas pessoas são suspeitas de ter disparado contra a delegacia e a base policial. 


Corte de energia com apoio da PM


A chegada da polícia teria causado alvoroço, segundo a polícia. Os moradores não sabiam que se tratava de uma operação da Celesc. A PM entendeu como suspeita a atitude de algumas pessoas que fugiram das viaturas. Durante perseguição aos suspeitos, um deles foi alvejado e morto. Na versão da PM, o homem teria reagido com uma arma de fogo. 


Os bombeiros estiveram no local, mas o rapaz de 24 anos morreu. Ainda segundo a PM, o jovem estava foragido desde uma operação realizada em Tijucas pela polícia em outubro de 2016. 


A PM informou, por meio de um relato da ocorrência, que as guarnições foram alvejadas durante os procedimentos de flagrante na delegacia de Tijucas. 


Tiros na base da PM


Já em Porto Belo, a base foi alvejada com mais de dez disparos por dois homens em uma moto. A polícia ainda faz buscas aos suspeitos. 


Segundo a PM, não havia ninguém na base de Porto Belo porque a unidade está cedida à Guarda Municipal que trabalha até as 21h. 
Fonte: Diário Catarinense


Localizar notícia:

Jornalista Responsável: Paulo Airton Pires Marques
Reg. Prof. MTE/DRT/RS n° 16408
CNPJ: 15251707/0001-48
Telefone: 55 99645-2601(Whatsapp)
E-mail: paulomarquesnoticias@paulomarquesnoticias.com.br
Rua Professor Del Aglio, 128, Três de Maio-RS - CEP 98910-000