Publicidades

24/01/2021 | 10:36 | Saúde

Lote com 116 mil doses da vacina de Oxford chega ao RS

Carregamento de imunizantes chegou às 9h24min no Aeroporto Internacional Salgado Filho

Carregamento de vacinas da Oxford no aeroporto Salgado Filho, com escolta - Ronaldo Bernardi / Agência RBS

O Rio Grande do Sul recebeu, na manhã deste domingo (24/01), um novo lote de vacinas contra o coronavírus. O voo G32302 saiu às 7h22min do Rio de Janeiro (RJ) e aterrissou às 9h24min no Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, 11 minutos antes do que estava previsto inicialmente. O carregamento importado da Índia é composto por 116 mil doses do imunizante desenvolvido pela Universidade de Oxford e pelo laboratório AstraZeneca, que tem parceria no Brasil com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).


Equipes da Secretaria Estadual da Saúde (SES) e da Polícia Federal receberam a aeronave. As doses foram carregadas em um caminhão e seguiram, por volta das 10h, para a Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadi) da SES, em Porto Alegre, onde serão registradas e distribuídas entre as 18 Coordenadorias Regionais de Saúde (CRSs). Esta divisão será consolidada entre a segunda (25) e a terça-feira (26) pelas CRSs, de acordo com os critérios populacionais dos grupos prioritários.   

 

De acordo com a SES, as vacinas serão usadas em 116 mil pessoas e a segunda dose da vacina será aplicada em 12 semanas, quando há previsão de um novo repasse desse imunizante por parte do Ministério da Saúde. 


Ana Costa, diretora de Ações em Saúde do Estado, explica que as primeiras doses da CoronaVac, distribuídas pelo Rio Grande do Sul na última semana, contemplam 100% de pessoas em asilos e grupos indígenas, enquanto atenderiam apenas 34% dos profissionais da saúde. Já as vacinas entregues neste domingo vão, na sua totalidade, para profissionais da saúde, especialmente os que atuam na linha de frente com pacientes infectados pelo coronavírus.

 

Aprovadas para uso emergencial no último domingo (17), as vacinas de Oxford chegaram ao Brasil no fim da tarde de sexta-feira (22), em uma remessa de 2 milhões de doses. Logo após o desembarque, em São Paulo, as doses foram encaminhadas para a Fiocruz, no Rio de Janeiro, onde passaram por uma análise de segurança e processo de etiquetagem. Pouco depois das 14h de sábado (23), caminhões carregados deixaram a Fiocruz rumo à distribuição.

Fonte: GZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades