Publicidades

03/04/2021 | 07:13 | Saúde

Região recebeu na Sexta-feira Santa nova remessa de vacinas contra a Covid-19

Gustavo Mansur/Palácio Piratini

A Secretaria da Saúde (SES) realizou nesta Sexta-feira Santa (02/04) uma força-tarefa especial para receber, separar e distribuir, em ritmo acelerado, o maior lote de vacinas contra o coronavírus enviado ao Estado pelo Ministério da Saúde desde o início da pandemia. As 645.150 doses que chegaram à capital no início da manhã foram imediatamente levadas à Central Estadual de Armazenamento e Distribuição de Imunobiológicos (Ceadi), onde uma equipe já aguardava para separar e embalar os quantitativos das 18 coordenadorias regionais de saúde (CRS) espalhadas pelo Estado.

 

Com essa remessa, a Secretaria Estadual da Saúde (SES) pretende ampliar a vacinação de idosos, iniciar a imunização de trabalhadores das forças de segurança e ainda aplicar a segunda dose.

 

A  14ª Coordenadoria Regional de Saúde em Santa Rosa recebeu 15.155 unidades dos imunibiológicos CoronaVac e Oxford/ AstraZeneca. Agora, depende de cada um dos 20 municípios da região retirar o quantitativo de doses a que tem direito para dar retomar a vacinação. 

 

Três de Maio recebe, desta vez, 1.620 doses. Até o início da noite a prefeitura ainda não havia divulgado a data da nova etapa de imunização. Ontem, foram imunizados 230 idosos a partir de 67 anos. De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde, até o momento, em Três de Maio, 4.070 pessoas já receberam a primeira dose da vacina e 788 receberam as duas doses.

 

O esquema vacinal completo com duas doses é necessário para obter a resposta imune esperada para a prevenção da Covid-19. A segunda dose da Oxford/AstraZeneca deve ser aplicada com 12 semanas de intervalo. Para a CoronaVac, o prazo é duas a quatro semanas, sendo que a recomendação no Estado é que seja em 28 dias.

Fonte: Rádio Colonial

Mais notícias desta categoria

Publicidades