Publicidades

13/05/2021 | 06:54 | Geral

Celulares apreendidos em presídios são restaurados e doados para escolas de Ijuí

Rádio Progresso de ijuí

No âmbito do Projeto Alquimia II, do Ministério Público do Rio Grande do Sul, a Unijuí entregou para a Rede de Proteção da área de educação estadual o primeiro lote de celulares restaurados. O ato ocorreu nesta terça-feira, 11 de maio, na Promotoria de Justiça Especializada de Ijuí.

 

O Projeto Alquimia II destina smartphones apreendidos na rede prisional e em contexto de criminalidade a estudantes da rede pública de ensino que não têm recursos para acompanhar as aulas que estão acontecendo de forma online. A parceria entre a instituição de ensino e o Ministério Público foi firmada com um Termo de Cooperação assinado no dia 25 de março.

 

Coordenador do projeto na Unijuí, o professor Edson Luiz Padoin destacou que é uma alegria contribuir com esta iniciativa e poder dar mais essa devolutiva para a comunidade. “Hoje, realizamos a entrega de cinco aparelhos, prontos para que os estudantes possam instalar os aplicativos indicados pela 36ª Coordenadoria Regional de Educação (CRE). Alguns, dos 25 celulares recebidos, estavam estragados ou não são smartphones. Mas, seguimos trabalhando em outros. A expectativa é que, em breve, cerca de 100 aparelhos sejam enviados à Instituição”, explicou o docente, lembrando que um bolsista trabalha no projeto, junto com técnicos e professores.

 

A cerimônia de entrega contou com a presença das promotoras de Justiça Marlise Condenonsi Bortoluzzi, titular da Promotoria, e Rosélia Brusamarelo, idealizadora do projeto em Ijuí. Representando a rede de proteção na área da educação estadual, esteve presente Ângela Link de Jesus, e representando a rede escolar, participaram Márcia Regina Sloczinski, vice-diretora da Escola Estadual de Ensino Fundamental Centenário, e Elise Severo, diretora da Escola Estadual de Ensino Fundamental Luiz Fogliatto. 

Fonte: Rádio Progresso de ijuí

Mais notícias desta categoria

Publicidades