Publicidades

10/01/2022 | 14:35 | Geral

Decretada situação e emergência em Horizontina devido a seca

Assessoria de Imprensa

Reunido com todos os setores técnicos e políticos do Governo Municipal, e tendo por base o relatório de perdas confeccionado nas últimas semanas pela equipe da Defesa Civil, SMDR e EMATER, que consideram prejuízos de mais de R$ 35 milhões na economia, o Prefeito Jones Cunha assinou na tarde da quinta-feira, dia 6, Decreto de Situação de Emergência no município. 

A quebra ocasionada pela forte estiagem chega a 35% no Milho, 15% na lavoura de soja, além de risco e queda da produção na fruticultura, mandioca, cana de açúcar, leite, bovinos de corte, fumo, peixes e olericultura.

Além dos prejuízos econômicos já configurados e irrecuperáveis a curto prazo, o desabastecimento humano de água potável tem sido um desafio diário ao município, já tendo despendido recursos extras de R$ 350.000,00 para o abastecimento emergência às famílias, pelas equipes de técnicos e servidores da Defesa Civil, Desenvolvimento Rural e Secretaria de Infraestrutura Logística e Trânsito. 

A rede de poços artesianos está com a vazão muito abaixo da normalidade, obrigando o município a abastecer com caminhão tanque várias localidades. 

Na sexta-feira, os prefeitos da AMUFRON estiveram reunidos debatendo o tema e o relatório década municipalidade. Nesta segunda-feira, dia 10, a FAMURS estará reunida com o Governo do Estado em Porto Alegre, repassando essa situação. 
Imagens: Defesa Civil - Departamento de Água e Saneamento -SMDR.

Fonte: Paulo Staziaki-Ass. de Imprensa da Prefeitura Municipal de Horizontina

Mais notícias desta categoria

Publicidades