Publicidades

09/06/2022 | 05:18 | Saúde

Sobe para 53 o número de mortes por dengue no Estado em 2022

Últimos óbitos foram confirmados em residentes de Horizontina, Novo Hamburgo, Parobé, São Leopoldo e Seberi

Reprodução internet

O Rio Grande do Sul registrou mais oito óbitos por dengue, totalizando 53 mortes pela doença entre os mais de 37 mil casos registrados no Estado em 2022. Os últimos óbitos registrados foram confirmados em residentes de Horizontina, Novo Hamburgo (três novos), Parobé, São Leopoldo (dois novos) e Seberi.  

Segundo a Secretaria Estadual de Saúde (SES), devido a uma instabilidade na exportação dos dados do sistema de notificação federal, os números no Estado estavam sem atualização desde o dia 31 de maio, resultando neste aumento no número de óbitos. 

Pelo acompanhamento da SES, neste momento, pelo menos 50 pessoas estão internadas em tratamento pela dengue. Oito delas estão em leitos de UTI (sete adultos e uma criança).  

Segundo o painel de monitoramento da dengue, dos 37.656 casos confirmados, 31.829 são autóctones, ou seja, contraídos em território gaúcho. Outros 16.619 casos seguem em investigação. Além disso, dos 497 municípios gaúchos, 447 registraram casos da doença em 2022. 

Veja as cidades com registro de morte por dengue em 2022:   

  • Igrejinha: 6  
  • Horizontina: 5 
  • Porto Alegre: 4 
  • Jaboticaba: 3 
  • Lajeado: 3 
  • Novo Hamburgo: 6  
  • Rondinha: 3 
  • Boa Vista do Buricá: 2 
  • Cachoeira do Sul: 2  
  • Ametista do Sul: 1 
  • Chapada: 1  
  • Condor: 1 
  • Cristal do Sul: 1    
  • Dois Irmãos: 1  
  • Erechim: 1  
  • Estância Velha: 1  
  • Nova Candelária: 1  
  • Nova Hartz: 1  
  • Novo Machado: 1  
  • Parobé: 2 
  • Putinga: 1 
  • Santa Rosa: 1 
  • Sapucaia do Sul: 1  
  • São Leopoldo: 3 
  • Seberi: 1    

Fonte: GZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades