Publicidades

14/07/2022 | 08:27 | Saúde

Homem de 69 anos morre vítima de dengue em Independência

Com mortes em Lajeado e Independência, RS chega a 64 óbitos por dengue em 2022

Números de casos e mortes por dengue são os maiores da história do RS - Vigilância Ambiental / Divulgação

O Rio Grande do Sul chegou a 64 mortes por dengue em 2022. As duas vítimas mais recentes foram confirmadas, pelo painel da Secretaria Estadual da Saúde (SES), nesta quarta-feira (13) nas cidades de Lajeado, no Vale do Taquari, e Independência, no noroeste do Estado.

Com isso, Lajeado soma cinco óbitos pela doença neste ano, enquanto o município de Independência registra a primeira vítima fatal. Novo Hamburgo, no Vale do Sinos, é a cidade com o maior número de mortes por dengue, com nove óbitos. Porto Alegre segue com quatro vítimas.  

O painel da SES aponta também que o Rio Grande do Sul já passa de 52 mil casos confirmados de dengue em 2022 — 52.255. Esses são os maiores números já registrados desde 2000, quando começou a série histórica de monitoramento da doença. Em todo o ano passado, foram 10,5 mil casos e 11 mortes no Rio Grande do Sul.

A vítima de Independência, é um homem de 69 anos, morador do interior. Esta é a primeira morte registrada por dengue no município.

Cidades com óbitos por dengue confirmados

  • Ametista do Sul: 1
  • Boa Vista do Buricá: 2
  • Cachoeira do Sul: 3
  • Chapada: 1
  • Condor: 1
  • Cristal do Sul: 1
  • Dois Irmãos: 1
  • Erechim: 1
  • Estância Velha: 2
  • Horizontina: 5
  • Igrejinha: 6
  • Independência: 1
  • Jaboticaba: 3
  • Lajeado: 5
  • Nova Candelária: 1
  • Nova Hartz: 1
  • Novo Hamburgo: 9
  • Novo Machado: 1
  • Parobé: 2
  • Porto Alegre: 4
  • Putinga: 1
  • Rondinha: 4
  • Santa Rosa: 1
  • São Leopoldo: 4
  • Sapucaia do Sul: 1
  • Seberi: 1
  • Uruguaiana: 1

Fonte: GZH/Paulo Marques

Mais notícias desta categoria

Publicidades