Logomarca Paulo Marques Notícias

12/02/2024 | 05:15 | Trânsito

Três crianças que não usavam cinto de segurança ficam feridas em capotamento em Veranópolis

Duas vítimas foram encaminhadas com traumatismo craniano para hospital em Caxias

Duas vítimas foram encaminhadas com traumatismo craniano para hospital em Caxias
Carro de brinquedo estava no porta-malas do automóvel que capotou, e foi arremessado para fora com a colisão. PRF / Divulgação

Duas crianças ficaram gravemente feridas e uma terceira teve ferimentos leves, após um capotamento na BR-470, próximo a entrada de Veranópolis, no início da noite de sábado (10). O condutor do Peugeot 206 apresentava sinais de embriaguez e perdeu o controle do veículo, que capotou, segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF). As três crianças estavam no banco de trás sem cinto de segurança e foram arremessadas para fora do automóvel, conforme apurou a polícia.

As duas crianças em estado mais grave, de cinco e um ano de idade, apresentavam quadro de traumatismo craniano e tiveram que ser encaminhadas com urgência ao Hospital Pompéia de Caxias do Sul — inicialmente, elas seriam encaminhadas para Porto Alegre, mas, devido à distância e à gravidade dos ferimentos, a preferência foi pela instituição caxiense. A terceira criança, de sete anos, teve ferimentos mais leves e a mãe, de 33 anos, que também estava no carro, não se feriu. 

O condutor era um homem de 29 anos, com antecedentes criminais por tráfico de drogas. O resultado no teste do bafômetro foi de 0,67 miligramas de álcool por litro de ar expelido (mg/L) — a tolerância é 0,04 mg/L, sendo que qualquer nível acima de 0,34 mg/L é considerado crime de trânsito

O homem teve ferimentos leves e foi encaminhado ao Hospital Comunitário São Peregrino Lazziozi, de Veranópolis. Ele teve que ser sedado para poder ser atendido, pois apresentava, sinais de agressividade, segundo a PRF.

Fonte: GZH
Mais notícias sobre TRÂNSITO