Logomarca Paulo Marques Notícias

02/04/2024 | 14:40 | Saúde

Número de casos confirmados de dengue no RS em três meses de 2024 ultrapassa o de todo o ano passado

São 47 mortes no Estado pela doença até o momento

São 47 mortes no Estado pela doença até o momento
Pessoas mais velhas estão ficando doentes segundo recorte do RS. Felipe Nyland / Agencia RBS

Foram necessários 93 dias para que o Rio Grande do Sul ultrapassasse, este ano, o total de casos de dengue confirmados em todo 2023. Conforme atualização desta terça-feira (2) do painel da dengue da Secretaria Estadual de Saúde, o Estado soma 40.183 casos confirmados da doença. Em todo o ano passado, foram 38.387 confirmações.

O recorte pelas faixas etárias demonstra que pessoas mais velhas estão ficando doentes. No grupo entre 60 e 69 anos, o aumento de um ano para o outro é de 23%.  

O número de mortes segue sem ser ultrapassado, com 47 óbitos este ano contra 54 ano passado. O recorde de casos de dengue pertence ao ano de 2022, quando o Estado registrou 67.332 confirmações da doença e 66 mortes. 

A situação não deve melhorar, na avaliação do Centro Estadual de Vigilância em Saúde (CEVS). Segundo o diretor-adjunto do órgão, Marcelo Vallandro, é possível que o Rio Grande do Sul atinja um novo recorde histórico de casos da doença. 

- Acredito que devemos passar 2002, sim. Naquele ano, o nosso pico de casos foi na semana epidemiológica 16, que acontece agora na segunda, terceira semanas de abril. Se olharmos os dados, vemos que, este ano, houve uma antecipação da curva (de casos). Se tivermos uma subida de casos, a gente deve passar 2022 - avalia Vallandro.   

Não há municípios do RS entre os que vão receber as doses iniciais de vacinação de crianças e adolescentes contra a dengue. A reportagem aguarda um posicionamento da Secretaria Estadual da Saúde.

Fonte: GZH
Mais notícias sobre SAÚDE