Logomarca Paulo Marques Notícias

23/04/2024 | 05:29 | Política

Bolsonaro se empolga e fala por uma hora e meia em evento do PL gaúcho

Ex-presidente discursou e respondeu perguntas de correligionários em participação por videoconferência

Ex-presidente discursou e respondeu perguntas de correligionários em participação por videoconferência
Ex-presidente palestrou a pré-candidatos a prefeito, vice e vereador. Assessoria de Comunicação do PL/RS / Divulgação

Convidado a falar por videoconferência durante um curso direcionado a pré-candidatos do PL no Rio Grande do Sul, o ex-presidente Jair Bolsonaro se empolgou: o que era para ser um discurso de 15 minutos se transformou em uma participação de uma hora e meia, com direito a respostas de perguntas dos correligionários e admiradores.

Durante sua manifestação, Bolsonaro falou sobre o ato público realizado no domingo (21) no Rio de Janeiro, elencou detalhes de sua trajetória política e falou sobre liberdade de expressão. Ele também pediu que os concorrentes do PL deem atenção aos temas nacionais durante a campanha, em tom crítico ao governo Lula:

— Mais importante do que seu possível mandato, é o Brasil não descambar. Não adianta ser o vereador mais votado no seu município se mergulharmos em um regime sem liberdade de expressão — disse Bolsonaro, ao lado do senador Rogério Marinho (PL-RN).

O curso reuniu cerca de 600 pré-candidatos a prefeito, vice e vereador do partido no Estado, e também foi transmitido pela internet.

Conduzido pelo deputado federal Giovani Cherini, presidente estadual do PL, o evento teve como foco o marketing eleitoral. 

Durante a atividade, Cherini estimulou o lançamento de candidatos a prefeito do PL no maior número possível de municípios, mesmo contra outros partidos de centro e direita:

— Dizem "ah, mas se vocês botarem candidato o PT vai ganhar". Não é responsabilidade nossa. Por que o MDB não vem com a gente, o PP não vem com a gente? Se tiver dois candidatos da direita, as pessoas vão votar no candidato que tiver mais chance de ganhar, e hoje quem tem mais chances é quem representa Jair Bolsonaro.

Mais cedo, o presidente nacional do PL, Valdemar da Costa Neto, participou por videoconferência,  elogiou a organização do PL no RS e prometeu que vai "prestigiar" o Estado na remessa de recursos para a campanha.

— Não vamos colocar recurso onde não tem estrutura. Você (Cherini) está saindo na frente, e deve receber um recurso maior para ajudar os candidatos a vereador — prometeu Valdemar.

Dono da maior bancada de deputados federais, o PL é o partido que receberá a maior fatia do fundo eleitoral em 2024.

Fonte: GZH
Mais notícias sobre POLÍTICA