Publicidades

16/11/2020 | 06:10 | Política

Refúgio de bolsonaristas, PRTB de Mourão fracassa e não elege prefeitos no RS

Candidatos do partido tiveram desempenho pífio nas maiores cidades do Estado

Reprodução/Internet

Notabilizado por eleger o vice-presidente Hamilton Mourão em 2018 e reforçado pela migração de adoradores do presidente Jair Bolsonaro que romperam com o PSL e não conseguiram criar o Aliança Pelo Brasil a tempo de disputar a eleição, o PRTB lançou 18 candidatos a prefeito no Rio Grande do Sul, mas não elegeu nenhum.

 

Nas maiores cidades do Estado em que teve candidatos, o partido fracassou. Em Canoas, Simone Sabin fez 3% dos votos. Em Pelotas, Coronel Napoleão também ficou com 3%, enquanto em Viamão o candidato Capitão Martim obteve 15%.

 

O melhor desempenho ocorreu em Santo Ângelo, onde Nívio Braz ficou em segundo lugar, atrás do prefeito reeleito Jacques Barbosa (PDT).

 

O resultado sinaliza que Mourão terá de estruturar o partido no Estado caso queira permanecer no PRTB para concorrer pelo Rio Grande do Sul em 2022. O vice-presidente já demonstrou o desejo de disputar uma vaga no Senado na próxima eleição.

Fonte: GZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades