Publicidades

29/11/2020 | 06:03 | Esporte

Inter desperdiça pênalti e fica no empate com o Atlético-GO pelo Brasileirão

Resultado deixou a equipe colorada a cinco pontos do líder Atlético-MG

Ricardo Duarte / Inter,Divulgação

O Inter voltou a marcar passo no Brasileirão. Em um jogo monótono, com direito a perda de pênalti de Thiago Galhardo, o Colorado ficou no empate por 0 a 0 com o Atlético-GO, em Goiânia, na noite deste sábado (28), completando seis rodadas sem vitórias no campeonato nacional.

 

Com o resultado, a equipe gaúcha segue em quarto lugar, com os mesmos 37 pontos de Palmeiras e Santos, que venceram seus compromissos, mas têm saldo de gols inferior. Porém, caso o Fluminense vença na segunda-feira, o Inter cairá uma posição.

 

Sob o comando de Leomir de Souza — que ainda substitui Abel Braga, acometido pela covid-19 —, o Inter mandou a campo um time próximo do ideal, como uma espécie de teste para encarar o Boca Juniors, pela Libertadores. A equipe se postou no 4-4-2, com o meio-campo em losango.


No primeiro minuto de jogo, um susto. Voltando de lesão, Moledo errou passe na saída de bola e armou um contra-ataque para o Atlético-GO. Cuesta, porém, travou o chutou de Janderson. Instantes depois, foi a vez do lateral Nicolas arriscar de longe, em finalização que passou à direita de Lomba.

 

Já o Inter, de maneira lenta, circulou a bola em busca de espaços. As chegadas mais perigosas vieram com Lindoso e Yuri Alberto. O volante, aproveitando rebote da entrada da área, e o atacante em cabeceio fraco, nas mãos do goleiro.

 

O segundo tempo iniciou com pressão dos goianos, com Cuesta cortando uma falta cobrada por Chico, à meia altura, em direção ao gol. Leomir então acionou o banco de reservas, colocando Maurício e Musto e, instantes depois, o Colorado teve a chance de abrir o placar. Aos 17, em cobrança de escanteio, a bola bateu no braço de um jogador do Atlético-GO. Thiago Galhardo, no entanto, desperdiçou o pênalti.


Não bastasse o erro do artilheiro, o Inter ainda perdeu Rodrigo Moledo aos 24 minutos. O zagueiro, que já estava pendurado, recebeu o segundo cartão amarelo ao acertar Danilo Gomes por trás. E o cenário só não ficou pior porque Lomba evitou o gol atleticano ao ficar cara a cara com Zé Roberto.

 

A partir de então, os anfitriões começaram a empilhar atacantes, em busca da vitória. Ao Inter, restou acionar Zé Gabriel para recompor o sistema defensivo e, ao menos, segurar o zero no placar.

 

Brasileirão — 23ª rodada — 28/11/2020


ATLÉTICO-GO (0)
Jean; Arnaldo (Pereira, 35'/2ºT), Éder, Gilvan e Nicolas; Willian Maranhão, Matheus Vargas, Everton Felipe (Wellington Rato, 20'/2ºT), Chico (Danilo Gomes, 20'/2ºT) e Janderson (Júnior Brandão, 35'/2ºT); Zé Roberto.
Técnico: Marcelo Cabo


INTER (0)
Marcelo Lomba; Heitor, Rodrigo Moledo, Víctor Cuesta e Uendel; Rodrigo Lindoso, Johnny (Musto, 13'/2ºT), D'Alessandro (Maurício, 13'/2ºT) e Patrick (Zé Gabriel, 35'/2ºT); Thiago Galhardo (Leandro Fernández, 28'/2ºT) e Yuri Alberto (Marcos Guilherme, 35'/2ºT).
Técnico: Leomir de Souza (interino) 

 

Cartões amarelos: Rodrigo Moledo, Rodrigo Lindoso, Leandro Fernández (I), Everton Felipe (A)
Cartão vermelho: Rodrigo Moledo.


Arbitragem: Ramon Abatti Abel, auxiliado por Alex dos Santos e Thiaggo Americano Labes. VAR: Rafael Traci (quarteto catarinense).
Local: Estádio Antônio Accioly, em Goiânia.

 

Próximos jogos

 

Quarta-feira, 2/12
Inter x Boca Juniors
Beira-Rio — Libertadores (jogo de ida das oitavas de final)

 

Domingo, 6/12
Atlético-MG x Inter
Mineirão — Brasileirão (24ª rodada)

Fonte: GZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades