Publicidades

31/01/2021 | 19:49 | Esporte

Grêmio perde pênalti no final e empata em 1 a 1 com o Coritiba

Jean Pyerre desperdiçou chance aos 44 minutos do segundo tempo

Com resultado, Grêmio segue em sexto lugar na tabela de classificação, com 52 pontos - VINICIUS DO PRADO / AGÊNCIA F8/ESTADÃO CONTEÚDO

O Grêmio chegou ao seu 16º empate no Brasileirão e ao sexto jogo sem vencer na competição. Após perder para Inter e Flamengo, o Tricolor conseguiu apenas um ponto no Paraná, ao empatar com o Coritiba, por 1 a 1, neste domingo (31), em jogo válido pela 33ª rodada.

 

Paulo Miranda abriu o placar aos 18 minutos do primeiro tempo e o goleiro Wilson, de pênalti, empatou na etapa final. No final do jogo, Jean Pyerre desperdiçou uma cobrança de pênalti.


Com o resultado, o Grêmio alcançou os 52 pontos, a mesma pontuação do Palmeiras, quinto colocado, mas com seis pontos a menos do que o São Paulo, quarto colocado, posição que leva a fase de grupos da Libertadores. O Tricolor ainda pode cair para o sétimo lugar, dependendo do resultado do Fluminense, que joga  neste domingo, às 20h30min, contra o Goiás, no Estádio do Engenhão.


Além do goleiro Vanderlei, preservado, o técnico Renato Portaluppi não pôde contar com mais nove jogadores para o confronto deste domingo. Kannemann e Matheus Henrique, suspensos, Diego Souza, Pepê, Maicon, Diogo Barbosa, Churín, Geromel e Lucas Silva, lesionados, desfalcaram o Tricolor em Curitiba, que começou a partida com apenas dois daqueles que são considerados titulares: Jean Pyerre e Alisson.

 

Com objetivos diferentes no Brasileirão, mas com ambas equipes precisando dos três pontos, os dois times iniciaram buscando o gol. O Grêmio apostou na posse de bola e o Coritiba buscava sair nos contra-ataques. A primeira oportunidade foi dos paranaenses em um chute de Neilton, que acabou saindo ao lado do gol de Paulo Victor. 

 

O Tricolor chegava com força pelo seu lado de direito de ataque, principalmente em jogadas de Alisson. Aos 18 minutos, depois de um lançamento de Thaciano nas costas da zaga, o camisa 23 acabou saindo na cara de Wilson, mas bateu em cima do goleiro do Coritiba. Na sequência do lance, Jean Pyerre acabou sofrendo falta na entrada da área. Na cobrança, o camisa 10 gremista botou a bola na cabeça de Paulo Miranda, que teve apenas o trabalho de empurrar para dentro do gol para abrir o placar no Couto Pereira: 1 a 0.


Mesmo com o gol, o Tricolor não parou de atacar o Coritiba e manteve a pressão em cima dos paranaenses. Aos 24 minutos, em mais uma jogada de Jean Pyerre, Thaciano recebeu dentro da área, mas bateu ao lado do gol de Wilson. O Grêmio seguiu com o controle da partida, sem ser ameaçado pelo adversário, que buscava surpreender nos contra-ataques, mas pararam em uma defesa gremista em tarde inspirada.

 

Aos 34 minutos, a primeira troca feita pelo Coritiba na partida. Sarrafiore se sentiu mal com o calor na capital paranaense e deixou o campo para a entrada do atacante Cerutti, deixando a equipe mais ofensiva. 


O Coxa ainda tentou atacar nos 15 minutos finais da primeira etapa. Em um lançamento nas costas da defesa gremista para Cerutti, Paulo Victor teve que deixar sua meta para afastar a bola para longe. As tentativas adversárias pararam por aí e o Grêmio retomou o controle da partida, dosando energia em virtude do calor. Aos 38 minutos, Ferreira driblou dois marcadores e arriscou de fora da área, mas a bola acabou indo para fora, sem preocupar o goleiro Wilson. Na última oportunidade do primeiro tempo, Alisson cobrou escanteio na área, Paulo Miranda dividiu com o marcador e a bola sobrou para Isaque, que bateu em cima da zaga.

 

O Coritiba voltou para o segundo tempo com duas alterações: Rafinha entrou no lugar de Hugo Moura e Ricardo Oliveira preencheu a vaga de Nathan Fogaça. O time paranaense ficou ainda mais ofensivo e logo no primeiro minuto da etapa complementar assustou o Tricolor em cobrança de falta de Neilton.

 

As trocas do  time paranaense surtiram efeito na posse de bola nos primeiros minutos da etapa final. Aos cinco minutos, Matheus Galdezani pegou a sobra da bola e arriscou de fora da área, mas a bola saiu por cima do gol de Paulo Victor. 

 

A primeira oportunidade gremista no segundo tempo saiu aos 11 minutos. Ferreira construiu a jogada pelo lado esquerdo, enfiou a bola para Cortez, que cruzou na cabeça de Alisson, mas o camisa 23 cabeceou ao lado do gol de Wilson. Um minuto depois, Thaciano recebeu pelo lado direito e tocou para dentro da área, mas Alisson de novo errou.

 

Vendo que o time sofria com o calor e o cansaço, Renato Portaluppi trocou duas peças do seu ataque. Luiz Fernando e Everton entraram nos lugares de Isaque e Ferreira, respectivamente. No primeiro lance dos dois em campo, Vanderson fez boa jogada pelo lado direito, tocou para Luiz Fernando, que bateu mascado e Thaciano, dentro da pequena área, chutou na trave.

 

Na sequência do lance, aos 22 minutos, Rafinha puxou contra-ataque e driblou quatro jogadores do Grêmio antes de ser derrubado por Darlan dentro da área: pênalti assinalado pelo árbitro Vinicius Gonçalves Dias Araújo. Os jogadores do Tricolor contestaram a penalidade e a partida acabou ficando parada por mais de cinco minutos. Na cobrança, o goleiro Wilson empatou a partida para o Coritiba: 1 a 1.

 

Mesmo depois de ter buscado o empate, o Coxa não parou de atacar. Aos 30 minutos, Matheus Galdezani recebeu de frente para o gol e arriscou, mas a bola acabou saindo pelo lado da goleira, sem assustar Paulo Victor.

 

O técnico Renato Portaluppi resolveu abrir o time em busca da vitória aos 33 minutos da etapa final. Vanderson deu lugar ao atacante Guilherme Azevedo, recuando Alisson para a lateral-direita, e Darlan deixou o gramado para a entrada de Pinares. As trocas acabaram deixando o Tricolor mais suscetível aos contra-ataques do Coritiba, que ainda buscou a vitória, mas esbarrou na limitação técnica. 

 

Aos 41 minutos, Pinares cruzou e Thaciano sofreu a carga do defensor do Coritiba dentro da área. Pênalti marcado para o Grêmio. Na cobrança, Jean Pyerre bateu a meia altura e o goleiro Wilson fez a defesa, fazendo com que o Tricolor chegasse ao seu 16º empate no Brasileirão.

 

Brasileirão — 33ª rodada — 31/1/2021 


CORITIBA (1)
Wilson; Natanael, Nathan Ribeiro, Henrique Vermnudt (Rhodolfo, 28’/2ºT) e Jonathan; Nathan Silva, Hugo Moura (Rafinha, INT) e Matheus Galdezani; Sarrafiore (Cerutti, 34’/1ºT), Neilton (Yan Sasse, 37’/2ºT) e Nathan Fogaça (Ricardo Oliveira, INT). Técnico: Gustavo Morínigo.

 

GRÊMIO (1)
Paulo Victor; Vanderson (Guilherme Azevedo, 33’/2ºT), Paulo Miranda, David Braz e Cortez; Darlan (Pinares, 33’/2ºT) e Thaciano; Alisson, Jean Pyerre e Ferreira (Everton, 18’/2ºT); Isaque (Luiz Fernando, 18’/2ºT). Técnico: Renato Portaluppi

 

GOLS: Paulo Miranda (G), aos 19 minutos do 1º tempo e Wilson, aos 27 min do 2º tempo.
CARTÕES AMARELOS: Neilton e Rafinha (C); Darlan, David Braz e Cortez (G)
ARBITRAGEM: Vinicius Gonçalves Dias Araújo, auxiliado por Marcelo Van Gasse e Luiz Alberto Andrini Nogueira. VAR: José Cláudio Rocha Filho.
LOCAL: Couto Pereira, Curitiba.

 

Próximo jogo
Quarta-feira, 3/2/2021 - às 16h
Grêmio x Santos
Arena do Grêmio - Brasileirão (34ª rodada)

Fonte: GZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades