Publicidades

09/02/2021 | 05:22 | Esporte

Grêmio goleia Botafogo, encerra sequência sem vencer e volta ao G-6 do Brasileirão

Tricolor contou com gols de Alisson, Churín, Jean Pyerre, Matheus Henrique (duas vezes), para ganhar no Engenhão

Lucas Uebel / Grêmio/Divulgação

Na volta de Maicon ao time titular após quase dois meses, o Grêmio não tomou conhecimento do lanterna e rebaixado Botafogo na noite desta segunda (8). Com dois gols logo no início, o Tricolor encaminhou uma tranquila vitória que terminou com placar de 5 a 2 no Estádio Nilton Santos, em partida válida pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro.


Alisson e Jean Pyerre balançaram as redes no primeiro tempo. Diego Churín, de pênalti, e Matheus Henrique, duas vezes, ampliaram na etapa final, que teve Rafael Navarro e Matheus Babi marcando para o Botafogo.

 

Com o resultado, o time de Renato Portaluppi quebrou a seca de sete jogos sem vitória no Brasileirão. O Grêmio assumiu o sexto lugar na classificação com os mesmos 56 pontos do quinto Fluminense e ficou a dois do quarto, o São Paulo. São Paulo e Fluminense ainda jogam nesta rodada, na quarta, quando recebem Ceará e Atlético-MG, respectivamente, em suas casas. O time paulista é o próximo adversário tricolor, domingo, 20h30min, na Arena.


A situação de profunda crise vivida pelo Botafogo talvez tenha influenciado para o Grêmio entrar em campo desligado. Com erros de passes e de posicionamento, o Tricolor permitiu que o time carioca finalizasse três vezes nos primeiros quatro minutos de partida. Nenhuma delas foi no alvo. 

 

Aos 6, a qualidade gremista fez a diferença. Em uma jogada que começou ainda na defesa, Maicon, Matheus Henrique e Jean Pyerre trocaram os últimos passes antes de a bola chegar a Alisson, que venceu o goleiro Diego Loureiro para abrir o placar no Nilton Santos na primeira finalização tricolor.


O gol cedo ditou os caminhos da partida. Não faltava ímpeto ao Botafogo, que insistia em chutes de média distância e ações individuais de pouco sucesso para tentar ameaçar Paulo Victor. Do outro lado, o Grêmio tinha calma para rodar a bola como se estivesse em um treino. Maicon ditou esse ritmo e foi o jogador que mais passes deu na primeira etapa.

 

Aos 16, a qualidade tricolor apareceu novamente. Em falta na entrada da área, Jean Pyerre aproveitou a barreira mal montada e bateu no canto, sem chances para o goleiro carioca, para ampliar a vantagem: 2 a 0.


O camisa 10 quase transformou o placar em goleada logo depois em cabeçada defendida por Diego Loureiro. Também pelo alto, Alisson ameaçou na sequência. O Botafogo teve uma grande chance a partir de bela jogada de Matheus Nascimento, mas Rafael Navarro, com Paulo Victor já batido, viu Paulo Miranda aparecer para evitar o gol.

 

O primeiro tempo terminou em 2 a 0, mas com a impressão de que Grêmio havia dosado energia a partir do segundo gol diante de um adversário que já joga como um time de Série B.


O Botafogo voltou para o segundo tempo novamente com a iniciativa do ataque e Matheus Nascimento tentou um gol acrobático. Como na primeira etapa, a resposta do Grêmio foi certeira. Com ajuda do VAR, o árbitro Rodrigo Dalonso Ferreira marcou pênalti de Romildo em Pepê aos 8. Churín bateu com qualidade para fazer o terceiro gremista.

 

Dois minutos depois,  Rafael Navarro recebeu em profundidade, ganhou de David Braz na velocidade e chutou para descontar o placar: 3 a 1. Renato então resolveu descansar Maicon e chamou Lucas Silva para entrar na equipe. O jogo ficou mais aberto com os dois goleiros trabalhando. Na melhor oportunidade gremista, Jean Pyerre serviu Alisson, que chutou para defesa de Diego Loureiro.

 

Aos 25, o treinador gremista fez outras duas trocas. Os atacantes Isaque e Ferreira entraram nos lugares de Churín e Vanderson. Os garotos revitalizaram o Grêmio, que  marcou mais dois gols, ambos  com Matheus Henrique. Matheus Babi ainda descontou para finalizar o placar de 5 a 2.

Fonte: GZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades