Publicidades

13/03/2021 | 22:02 | Esporte

Com reservas, Grêmio vence o Esportivo fora de casa pelo Gauchão

Thaciano e Lucas Araújo marcaram para o Tricolor na Serra

Antonio Valiente / Agencia RBS

A ocasião na Montanha dos Vinhedos era para alguns jovens jogadores mostrarem suas características ao torcedor gremista. Em um jogo sem pressão pelo resultado e com arquibancadas vazias, a gurizada fez o seu papel neste sábado (13) à noite e venceu o Esportivo por 2 a 0. Em dois jogos pelo Gauchão, embora a partida em Bento Gonçalves fosse pela quarta rodada, o Grêmio chega à sua segunda vitória, saltou para a terceira posição e segue como único time com 100% de aproveitamento no torneio.


A sensação de dever cumprido pela garotada foi vista na comemoração do segundo gol gremista. Lucas Araújo cobrou pênalti, aos 31 minutos do segundo tempo, com tranquilidade e foi para a linha de fundo comemorar. Os jogadores fizeram uma rodinha para festejar o jogo que pode marcar o surgimento de muitos deles para o estrelato.


O gol que definiu a partida saiu em um momento em que o Esportivo começava a incomodar a defesa gremista com maior insistência. Instantes antes, Brenno se esticou no canto esquerdo para evitar o gol dos donos da casa. A cabeçada à queima-roupa de Daniel Cruz, quase da risca da pequena área, foi o único momento em que o postulante à titularidade do gol gremista precisou sujar as luvas. De resto, as finalizações do adversário saíram pela linha de fundo.

 

Foram 90 minutos que mostraram situações corriqueiras dos veteranos que estiveram em campo. E novidades de algumas caras novas.  Mais experientes, Thaciano e Cortez foram o Thaciano e Cortez de sempre.

 

O meio-campista não foi dos mais participativos, mas apareceu na hora certa dentro da área. Foi da cabeça dele, após cruzamento de Vanderson, aos 24 minutos de jogo, que o placar foi inaugurado. Cortez apareceu bem na frente, não se encolheu no ataque, mas manteve a rotina de fazer cruzamentos falhos.

 

Até o 1 a 0, o ataque gremista tinha criado duas oportunidades para marcar no início da partida. Na primeira, Darlan lançou Isaque. O atacante dominou fintando o zagueiro, mas parou no goleiro Anderson. Logo depois, em contra-ataque, Léo Chú invadiu a área. Seu chute parou nas mãos do goleiro.

 

Após ter jogado uma temporada pelo Ceará, Chú estreou com a camisa tricolor. Sua incisividade fez com que o jogo pendesse para o lado esquerdo. Por ali, surgiram as principais jogadas. Mesmo que o primeiro gol tenha saído pelo outro lado, em cruzamento de Vanderson, foi Chú, pelo flanco canhoto, que iniciou o lance.

 

Vanderson foi eficiente. Quando os titulares voltarem, Victor Ferraz deverá ver do banco de reserva o novo titular da posição. 

 

No começo do segundo tempo, Chú ainda protestou um pênalti, após driblar o defensor. Porém, o árbitro nada marcou. Depois do lance, o Esportivo aumentou o seu volume ofensivo. Começou a rondar a maior área do Grêmio, mas tinha dificuldade para acertar o gol de Brenno.

 

Enquanto na quarta-feira (10) passada, os principais jogadores jogaram contra o Ayacucuho para ganhar folga. Nesta sábado, os jovens jogaram na esperança de cavarem espaço no grupo de jogadores. Terça-feira (16), terão mais uma oportunidade de aproximar o presente e o futuro.

Fonte: GZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades