Publicidades

17/03/2021 | 05:19 | Esporte

Grêmio volta a vencer o Ayacucho e confirma classificação na Libertadores

Tricolor enfrentará o Independiente del Valle na terceira etapa preliminar da competição

Santiago Arcos / POOL / AFP

Após os titulares golearem o Ayacucho por 6 a 1 na Arena, o time de garotos do Grêmio teve a missão protocolar de confirmar a classificação na Libertadores. E isso foi feito com vitória na noite desta terça-feira (16) em Quito, no Equador. De virada, o Tricolor bateu os peruanos por 2 a 1 e agora irá enfrentar o Independiente del Valle por um lugar na fase de grupos. Os jogos contra os equatorianos ocorrerão nas semanas de 7 e 14 de abril. 


Em uma partida de ritmo bastante lento e de poucas chances de gol, Leandro Sosa abriu o placar para o Ayacucho e Ferreira empatou ainda no primeiro tempo. O atacante foi novamente o destaque gremista, se mostrando o líder da equipe de garotos. Nos minutos finais, Ricardinho aproveitou cruzamento de Pedro Lucas e garantiu a vitória tricolor. O Grêmio voltará a campo na sexta-feira, às 20h, quando irá enfrentar o Aimoré, na Arena, pelo Gauchão, em mais um compromisso no qual será representado pela gurizada. 

 

Sem Renato Portaluppi, de folga, o Grêmio entrou no gramado do Estádio Olímpico Atahualpa, de Quito, com a volta de Ferreira, que não atuou na vitória sobre o Esportivo, no último sábado, porque estava suspenso no Gauchão. O time gremista no Equador foi ainda menos experiente que aquele de Bento Gonçalves, já que Pinares e Isaque sequer viajaram. 


Suas vagas foram ocupadas por Lucas Araújo, no meio-campo, e Ricardinho, no comando do ataque. Com um surto de coronavírus no seu elenco, o Ayacucho foi a campo com apenas seis atletas que haviam sido titulares em Porto Alegre. No total, o clube peruano teve quatro jogadores confirmados com covid-19 e outros três em isolamento por terem tido contato com os positivados.

 

A goleada de 6 a 1 aplicada pelos titulares na Arena permitiu que os garotos gremistas atuassem com tranquilidade na altitude de 2,8 mil metros de Quito. O Grêmio começou a partida procurando administrar o tempo. O atacante Ferreira era justamente quem quebrava esse jogo lento sempre partindo para cima dos marcadores.


O cronômetro já tinha passado dos 20 minutos quando o goleiro Espinoza começou a trabalhar. Os primeiros chutes foram de Ferreira e Guilherme Azevedo, ambos defendidos pelo peruano. Ardiles respondeu com uma finalização perigosa da entrada da área que acertou a rede pelo lado de fora. Aos 39, porém, a chegada do Ayacucho foi certeira. Após um cruzamento do lado esquerdo, o zagueiro Quina escorou para Sosa, que chutou forte, sem nenhuma chance para Brenno.

 

O Tricolor porém, respondeu rápido. Ferreira mostrou mais uma vez sua qualidade para desmontar uma defesa adversária. Ele recebeu um belo passe de Rodrigues pela esquerda, se livrou de Delgado e Villamarín e chutou para superar Espinoza empatando a partida ainda antes do intervalo.
O segundo tempo teve o mesmo ritmo do início da primeira etapa com as duas equipes tendo pouca produção ofensiva. O Grêmio até teve Thaciano perdendo uma chance na cara de Espinoza, mas o lance foi invalidado por impedimento. O Ayacucho ameaçou após uma falta desnecessária de Ruan na entrada da área gremista. Ardiles bateu procurando o ângulo e mandou perto do gol. 

 

Com o Ayacucho sem mostrar nenhuma capacidade de ameaçar a classificação gremista, o auxiliar técnico Alexandre Mendes deu oportunidade para Fernando Henrique e Pedro Lucas ganharem minutos na partida. Os dois garotos entraram por Lucas Araújo e Thaciano aos 17, quando o time peruano até tentava ser mais ousado, mas esbarrava na falta de qualidade. 


O Grêmio nem precisou forçar muito para ter chances de vencer o jogo. A quatro minutos do término do tempo regulamentar, Ricardinho recebeu cruzamento de Pedro Lucas e desviou para marcar seu primeiro gol como profissional e garantir a vitória. Agora vem pela frente o Independiente del Valle, um adversário que certamente exigirá mais do Tricolor.

 

LIBERTADORES — 16/3/2021

 

AYACUCHO (1)
Espinoza; Villamarín, Delgado, Quina e Aguirre; Paucar, Mendieta; Carranza (Olascuaga, 21’/2ºT), Ardiles (Casique, 44’/2ºT) e Leandro Sosa; Posito
Técnico: Walter Fiori

 

GRÊMIO (2)
Brenno; Vanderson, Ruan, Rodrigues e Cortez; Lucas Araújo (Fernando Henrique, 17’/2ºT), Darlan (Varela, 42’/2ºT); Guilherme Azevedo (Léo Chú, 31’/2ºT), Thaciano (Pedro Lucas, 17’/2ºT) e Ferreira; Ricardinho (Léo Pereira, 42’/2ºT)
Técnico: Alexandre Mendes (interino)

 

GOLS: Sosa (A), aos 39min, Ferreira (G), aos 40min  do 1º tempo; Ricardinho (G), aos 41min do 2º tempo
CARTÕES AMARELOS: Paucar, Villamarín, Mendieta (A); Ruan, Fernando Henrique (G)
ARBITRAGEM: Esteban Ostojich, auxiliado por Martin Sopp e Horacio Ferrero (trio uruguaio)
LOCAL: Estádio Olímpico Atahualpa, em Quito, no Equador 

 

PRÓXIMO JOGO
SEXTA-FEIRA, 19/3 - 20H
GRÊMIO X AIMORÉ
GAUCHÃO – ARENA

Fonte: GZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades