Publicidades

29/03/2021 | 06:32 | Esporte

Na volta dos titulares, Grêmio goleia o Pelotas pelo Gauchão

Ricardinho, Alisson, Diego Souza e Ferreira marcaram no primeiro jogo do time principal pelo campeonato estadual

Marco Favero / Agencia RBS

O Grêmio demorou para engrenar no retorno de Renato Portaluppi e do elenco principal, mas conseguiu golear o Pelotas por 4 a 0 na noite deste domingo (28), na Arena, pela sétima rodada do Gauchão. Os atacantes Ricardinho, Alisson, Diego Souza e Ferreira marcaram os gols gremistas no segundo tempo após uma primeira etapa de bastante dificuldade da equipe tricolor.


Com a vitória, o Grêmio assumiu a vice-liderança com 13 pontos, a três do Inter, mas com um jogo a menos que o rival. Antes do Gre-Nal do próximo final de semana, na Arena, o Tricolor irá a Passo Fundo enfrentar o São Luiz na quarta-feira, às 21h30min. Já o Pelotas volta a campo na quinta-feira, na Boca do Lobo, diante do Esportivo.  


Com a volta de Renato à casamata, o Grêmio também teve os retornos de Diogo Barbosa, Maicon, Matheus Henrique, Alisson e Diego Souza ao time que contou ainda com os garotos com Brenno e Vanderson, que devem ser titulares no confronto com o Independiente del Valle pela Libertadores. A novidade da equipe esteve na zaga, onde o garoto Heitor, de 20 anos, acompanhou Rodrigues. No posicionamento tático uma surpresa: com Léo Chú e Ferreira pelos lados, Alisson fez a função do meia central nas ausências de Jean Pyerre e Pinares.

 

O Grêmio iniciou o jogo pressionando o Pelotas e apostando nas iniciativas pelos lados do campo com os laterais Vanderson e Diogo Barbosa bastante avançados se aproximando dos atacantes Ferreira e Léo Chú. Pelo meio, Alisson teve dificuldade para executar a função de meia deixando Maicon e Matheus Henrique sobrecarregados na tarefa de municiar os homens de frente.

 

Com o Pelotas fechado e com as linhas próximas da sua área, os atacantes de velocidade do Grêmio tiveram poucas oportunidades para ações individuais. Sempre que pegavam a bola, Ferreira e Léo Chú tinham pela frente dois ou mais marcadores. O resultado de tudo isso foi um Diego Souza sumido do jogo ao longo do primeiro tempo.

 

O artilheiro gremista apareceu apenas na bola parada. Aos 40, ele bateu uma falta que acertou a rede pelo lado de fora na única chance clara de gol do Tricolor antes do intervalo. O Pelotas, por sua vez, ameaçou com Gabiga, que fez Brenno trabalhar em chute cruzado.

 

Com uma posse de bola de 78% no primeiro tempo, o Grêmio foi para o intervalo com apenas três finalizações contra o goleiro Gabriel Leite, que não fez nenhuma defesa difícil. 

 

— Está faltando um pouco mais de capricho. Vamos caprichar e vai sair o gol — declarou Diego Souza na saída para o vestiário.

 

O Grêmio voltou para o segundo tempo com Thaciano no lugar de Léo Chú. Com isso, Alisson voltou a fazer sua função pelo lado direito do ataque com Ferreira sendo deslocado para a esquerda. A etapa final começou de uma forma diferente, com o Pelotas trabalhando mais a bola e tentando ocupar o campo tricolor. À beira do campo, Renato mostrava insatisfação com a postura da sua equipe.

 

Aos 10 minutos, o Pelotas pôde reclamar de um erro do árbitro Eleno Todeschini, que marcou fora da área uma falta cometida pelo zagueiro Heitor em Marcelo dentro da área gremista. Na cobrança, o próprio Marcelo bateu bem e Brenno fez a defesa para manter o 0 a 0. 

 

Sem ter tido o resultado esperado com a entrada de Thaciano, Renato Portaluppi fez a segunda mudança aos 19. E foi uma troca ousada com o centroavante Ricardinho no lugar do zagueiro Heitor. 

 

A ousadia de Renato foi premiada. Com apenas dois minutos em campo, Ricardinho recebeu passe de Thaciano dentro da área e bateu na saída do goleiro Gabriel Leite para abrir o placar e tirar o Grêmio do sufoco na Arena. 

 

O Pelotas sentiu o gol e logo cometeu um erro na saída de bola. Pressionado por Ricardinho, Gabriel Leite errou o passe e Alisson aproveitou para mandar para o gol e ampliar a vantagem gremista.

 

Com o resultado favorável, Renato recompôs a zaga com Lucas Silva, mas o time gremista não deixou de atacar e transformou o placar em goleada. Aos 31, Diego Souza bateu falta e contou com desvio na barreira para superar Gabriel Leite. Três minutos depois, Ferreira fez jogada individual a marcou o quarto gol. O Grêmio, assim, terminou com goleada um jogo no qual teve dificuldade por quase 70 minutos e assumiu a vice-liderança do Gauchão.

Fonte: GZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades