Publicidades

22/04/2021 | 21:26 | Esporte

Grêmio vence o La Equidad na estreia pela Sul-Americana

Sob o olhar de Tiago Nunes, Diego Souza e Paulo Miranda garantem vitória na Arena

André Ávila / Agencia RBS

O Grêmio iniciou a caminha em busca do título inédito da Copa Sul-Americana com vitória. Na noite desta quinta-feira (22), na Arena, o Tricolor contou com gols de Diego Souza e Paulo Miranda para bater o La Equidad por 2 a 1, superando uma expulsão desnecessária do zagueiro Rodrigues no segundo tempo. Omar Duarte anotou para os colombianos nos minutos finais.


Com Tiago Nunes em Porto Alegre para ser apresentado e comandar o primeiro treino nesta sexta-feira, o Grêmio terá pouco tempo de preparação para enfrentar o Ypiranga no sábado, às 21h, pela última rodada da fase de classificação do Gauchão. Pela Sul-Americana, o próximo compromisso será na próxima quinta-feira diante do Lanús, na Argentina. O jogo será no Estádio La Fortaleza, o palco da conquista do tri da Libertadores pelo Tricolor. 

 

Sob o olhar do novo técnico, o Grêmio teve apenas uma mudança em relação ao time que venceu o Novo Hamburgo, no último domingo, pelo Gauchão, para a estreia na Copa Sul-Americana. A novidade esteve na lateral direita, com Rafinha na vaga de Vanderson.


O La Equidad entrou com uma proposta de marcar com linhas bem compactadas para tentar acionar seu ataque em bolas longas. O Grêmio se comportou bem para conter as transições do adversário contanto com Ruan e Rodrigues atentos nas coberturas. Na parte ofensiva, porém, o Tricolor encontrou dificuldades ao longo da primeira etapa.

 

A primeira finalização no gol aconteceu apenas aos 24 minutos em cabeçada de Alisson, que o goleiro Bonilla defendeu. Antes, Ferreira e Matheus Henrique haviam chutado, mas longe da meta.

 

Responsável pela primeira chance clara do Grêmio na partida, Alisson precisou sair aos 30 minutos após levar um pisão de Correa, que tinha acabado de entrar no lugar do capitão colombiano Motta, também lesionado. Léo Pereira foi escolhido pelo interino Thiago Gomes para ocupar o lado direito do ataque.

 

Foi pela esquerda, no entanto, que o Tricolor chegou ao gol. Aos 36, Ferreira cruzou para a área e Diego Souza ganhou dos zagueiros colombianos para mandar para o fundo das redes e abrir o placar na Arena. Não foi uma etapa inicial de luxo do time gaúcho, que finalizou apenas quatro vezes nos primeiros 45 minutos, mas a competência de Diego Souza serviu para o Grêmio ir para o intervalo em vantagem.

 

As duas equipes voltaram sem mudanças para o segundo tempo. O La Equidad, que não havia dado trabalho para Brenno na etapa inicial, criou logo duas chances em seis minutos. Primeiro, Angulo desviou em cruzamento de Mantilla e o goleiro gremista pegou firme. A segunda foi mais perigosa com o centroavante Diego Herazo. Ele recebeu na área e só não fez o gol graças a uma bela saída de Brenno.

 

A resposta do Grêmio veio em uma bela cobrança de escanteio de Rafinha. O lateral bateu de três dedos na bola e encontrou Diego Souza, que cabeceou perto da trave esquerda. 

 

A postura mais agressiva do time colombiano deixou o jogo mais aberto e dava a possibilidade para o contra-ataque do Grêmio. Mas o La Equidad era quem levava mais perigo. Aos 18, Herazo chutou e mandou perto do gol gremista. Em seguida, o Pablo Lima bateu falta e Brenno defendeu.

 

No momento que o Grêmio mais sofria na partida, Rodrigues perdeu a cabeça. Ele acertou um tapa em Pacheco após uma disputa de bola e levou o cartão vermelho. Thiago Gomes então sacou o meia Jean Pyerre para recompor a defesa com Paulo Miranda.

 

Mas Paulo Miranda fez mais que apenas ajudar a manter o resultado. Ele ampliou a vantagem. Aos 31, após uma bola escorada por Diego Souza em cruzamento milimétrico de Rafinha, Paulo Miranda teve o oportunismo de um atacante para desviar antes do goleiro Bonilla e fazer o 2 a 0.

 

Mas Paulo Miranda fez mais que apenas ajudar a manter o resultado. Ele ampliou a vantagem. Aos 31, após uma bola escorada por Diego Souza em cruzamento milimétrico de Rafinha, Paulo Miranda teve o oportunismo de um atacante para desviar antes do goleiro Bonilla: 2 a 0. Brenno ainda fez bela defesa em chute de Pablo Lima aos 39, mas não conseguiu fazer nada aos 42, quando Omar Duarte bateu no alto e descontou determinando o placar final da partida: 2 a 1.

Fonte: GZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades