Publicidades

20/05/2021 | 23:09 | Esporte

Com gol de Yuri Alberto, Inter vence Olimpia e encaminha classificação na Libertadores

Colorado deverá confirmar liderança do Grupo B se vencer o Always Ready na última rodada

Cesar Olmedo / POOL/AFP

O Inter volta do Paraguai com classificação encaminhada para as oitavas da Libertadores. Pela quarta rodada da fase de grupos, o time de Miguel Ángel Ramírez fez um primeiro tempo burocrático, mas cresceu no segundo e aproveitou-se da vantagem de ter um jogador a mais para superar o Olimpia por 1 a 0, gol de Yuri Alberto. Com nove pontos, deverá confirmar o primeiro lugar na chave se vencer o Always Ready na quarta-feira que vem, no Beira-Rio. Antes, há o Gre-Nal da volta da final do Gauchão.


Talvez pelo resultado da noite anterior, a goleada do Táchira, que havia aumentado a pressão sobre o time, talvez pela necessidade de dar uma resposta imediata após as duas derrotas anteriores, o fato é que Ramírez escalou o que havia de melhor no Inter. Ninguém foi preservado para o Gre-Nal de domingo, que decide o Gauchão. As trocas com relação ao último clássico (Lucas Ribeiro por Zé Gabriel, Taison por Nonato, Caio Vidal por Mauricio) foram de ordem técnica.


Precisando de uma vitória tanto quanto o Inter e jogando em casa, o Olimpia começou pressionando. E acelerando em contra-ataques. Aos seis minutos, Recalde foi lançado nas costas da defesa e Lomba conseguiu ser ágil para abafar a conclusão. A resposta colorada saiu aos nove. Palacios fez boa jogada pela esquerda e cruzou na medida para Galhardo, sozinho, mas seu cabeceio foi ruim, longe do gol.


Aos 17, outra boa conclusão do Inter. Após fazer a bola circular da direita até a esquerda, Moisés recebeu e arriscou da intermediária. Aguilar espalmou.

 

Como costuma fazer, era o time gaúcho quem controlava a bola. Trocava passes, circulava, mas não verticalizava. O Olimpia, fechado, conseguia neutralizar as chances. E eventualmente especulava em contragolpes ou estocadas quando o Inter sorteava a bola ao ataque depois de apertado. Foi assim que Torres recebeu na área e bateu forte, mas por cima do travessão. O primeiro tempo se arrastou até o final sem mais riscos de parte a parte. 

 

Na segunda etapa, o Inter começou criando mais. Caio Vidal, já nos instantes iniciais, foi lançado na área, mas não conseguiu concluir. Pouco depois, Dourado se antecipou à defesa em cobrança de falta e cabeceou no travessão, mas o lance foi anulado por impedimento.

 

Mais bem postado, o Inter cresceu. Passou a atacar mais e reclamou de pênalti aos 12, quando Edenilson cruzou e a bola bateu no braço do zagueiro adversário. O árbitro Néstor Pitana não marcou.

 

Foi o último lance de Palacios e Thiago Galhardo, que saíram para as entradas de Yuri Alberto e Mauricio. Na primeira participação, Mauricio achou Edenilson na entrada da área. O camisa 8 ajeitou e bateu. Com o braço, Salcedo impediu que a bola fosse na direção do gol. Falta e cartão. Como já tinha, o zagueiro foi expulso. Eram 21 minutos do segundo tempo.

 

Na cobrança da falta, Cuesta tentou no canto do goleiro, mas Aguilar estava atento e espalmou. Na volta, Saravia cruzou, Yuri ajeitou e Cuesta pegou mal, para fora.

 

Com um a mais, aumentou a imposição. E teve a melhor oportunidade aos 24. Taison passou a Mauricio, que girou em cima da defesa e bateu. Aguilar salvou.

 

Aos 30, Ramírez fez mais duas trocas: Praxedes e Marcos Guilherme por Caio Vidal e Edenilson. Dois minutos mais tarde, outra chance clara. Taison fez um belo lançamento e encontrou Yuri Alberto, que correu sozinho mas se precipitou e chutou mal, nas mãos do goleiro.

 

Duas vezes ele não perderia. Aos 38, Moisés cruzou da esquerda, Marcos Guilherme ajeitou de cabeça e Yuri Alberto, de primeira, superou Aguilar: Inter 1 a 0.

 

Lindoso entrou no lugar de Dourado. E, no final, Lomba fez grande defesa em cobrança de falta. No último lance, Pitana expulsou Yuri Alberto por ter cometido uma falta. Ele já tinha amarelo por ter tirado a camisa na hora do gol. 

 

Mesmo assim, o Inter conseguiu segurar o resultado e garantir a vitória. A vaga está encaminhada. Resta ver a força para o próximo Gre-Nal.

Fonte: GZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades