Publicidades

30/05/2021 | 18:15 | Esporte

Grêmio leva gol no fim e perde para o Ceará na estreia no Brasileirão

Tricolor chegou a buscar o empate em 2 a 2, mas tomou o terceiro gol aos 49 minutos do segundo tempo

Grêmio de Léo Chú não somou pontos na primeira rodada do Brasileirão - Lucas Uebel / Grêmio/Divulgação

O Grêmio estreou no Campeonato Brasileiro com derrota de 3 a 2 para o time reserva do Ceará neste domingo (30), na Arena Castelão. Após ter saído levando 2 a 0, com gols de Cléber e Rick, o Tricolor chegou ao empate com Vanderson e Ricardinho, mas levou o terceiro nos acréscimos em lance que Jorginho se aproveitou de falha da defesa gremista para garantir os três pontos para o Alvinegro.

 

Após a decepção na estreia do Brasileirão, o Grêmio volta suas atenções para a Copa do Brasil, onde irá enfrentar o Brasiliense na quarta-feira (2), às 16h30min, na Arena, na ida da terceira fase.


Com Diego Souza, Ferreira e Rafinha afastados por terem testado positivo para covid-19, o Grêmio teve os garotos Ricardinho, Léo Chú e Vanderson como titulares no Castelão. No meio-campo, Lucas Silva ganhou o lugar de Maicon na equipe comandada pelo auxiliar Evandro Fornari, pois Tiago Nunes ficou em Porto Alegre após ter apresentado sintomas da doença causada pelo novo coronavírus. Um pouco antes de a bola rolar no Castelão, o clube confirmou que o treinador também teve resultado positivo para covid-19.


No lado do Ceará, o técnico Guto Ferreira optou por preservar seu time principal visando ao clássico com o Fortaleza, pela Copa do Brasil, na quarta-feira. O único titular alvinegro que começou a partida foi o zagueiro Messias. 

 

Ainda que estivesse sem seus dois principais jogadores na temporada, Diego Souza e Ferreira, o fato de o Ceará ter entrado com time reserva deixava o Grêmio com a obrigação de se impor na Arena Castelão. Mas não foi o que aconteceu no primeiro tempo.

 

A formação com Lucas Silva ao lado de Thiago Santos e Matheus Henrique no meio-campo deixou o time com pouca capacidade de criação. A única chance clara gaúcha no tempo regulamentar veio a partir de uma jogada de transição puxada por Léo Chú, que serviu Ricardinho, mas o centroavante chutou por cima, aos 15.

 

O pouco ímpeto ofensivo gremista deu confiança ao Ceará, que passou a arriscar mais a partir da metade do primeiro tempo. O jogo era morno até que o time da casa contou com a sorte aos 35. Cléber chutou, a bola desviou em Ruan e matou o goleiro Brenno: 1 a 0.

 

A desvantagem fez o Tricolor arriscar mais e o Ceará passou a encontrar os espaços. Aos 37, Brenno evitou o segundo gol ao defender uma finalização à queima-roupa de Saulo. Aos 31, porém, o goleiro gremista não pôde fazer nada. Após uma bola perdida por Ruan, Rick recebeu de Pedro Naressi, cortou Vanderson e chutou no canto para ampliar a vantagem: 2 a 0.

 

Brenno voltou a aparecer bem aos 47 para evitar o terceiro gol cearense em chute cruzado de Cléber. O Grêmio ficou ainda mais vivo na partida no último minuto dos acréscimos. Aos 49, Vanderson arrancou em direção à área, tabelou com Matheus Henrique e chutou forte para vencer João Ricardo e descontar antes do intervalo.

 

Era preciso melhorar na etapa final e o Grêmio voltou com três mudanças: Jean Pyerre, Cortez e Jhonata Robert nas vagas de Lucas Silva, Diogo Barbosa e Léo Pereira. No Ceará, o goleiro  Vinicius Machado entrou no lugar de João Ricardo, que havia sentido dores na mão esquerda após uma dividida com Léo Pereira no primeiro tempo.

 

O Tricolor tratou logo de castigar Machado. Aos 3 minutos, Léo Chú avançou em velocidade e cruzou para a área, onde o centroavante Ricardinho apareceu para definir com um toque e empatar a partida: 2 a 2.

 

Mesmo com o empate rápido e com as trocas, o Grêmio seguiu com dificuldade para impor sua maior qualidade sobre o Ceará. Brenno voltou a aparecer bem aos 13, quando fez uma bela defesa em chute de Rick. 

 

O Grêmio só levou perigo novamente aos 27, mas foi em grande estilo. Cortez deu um chapéu em Buiú e tocou para Léo Chú. O atacante gremista bateu forte e  Vinicius Machado fez uma bela defesa para evitar a virada. Os 34, Cortez teve sua chance, mas chutou pela rede pelo lado de fora.

 

Cortez seguiu sendo protagonista do segundo tempo. Aos 37, ele caiu na área em uma disputa com Buiú e Sávio Pereira Sampaio marcou pênalti. O árbitro, no entanto, voltou atrás na marcação após rever o lance no vídeo. 

 

Quando tudo se encaminhava para o empate, a defesa do Grêmio voltou a falhar nos acréscimos. Jorginho, livre, aproveitou um rebote na área gaúcha e marcou o gol que decretou a vitória do Ceará por 3 a 2.

Fonte: GZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades