Publicidades

30/05/2021 | 22:33 | Esporte

Inter larga na frente, mas cede empate para o Sport na estreia no Brasileirão

Edenilson e Lindoso marcaram os gols colorados no Beira-Rio, mas Thiago Neves e André empataram para o time nordestino

Jefferson Botega / Agencia RBS

Na estreia do Brasileirão, o Inter voltou a decepcionar. Mesmo atuando no Beira-Rio, na noite deste domingo (30), o Colorado ficou no 2 a 2 com o Sport. Depois de abrir vantagem com Edenilson e Lindoso na primeira etapa, a equipe cedeu o empate com gols de dois ex-jogadores do Grêmio: Thiago Neves e André.

 

O tropeço aumenta a pressão sobre o elenco que, desde a perda do título gaúcho, tem sido alvo de protestos de torcedores. Agora, o foco da equipe se volta para a estreia em outra competição nacional. Na próxima quinta-feira (3), visita o Vitória, pela Copa do Brasil.


Como de costume, o técnico Miguel Ángel Ramírez mexeu na equipe. No setor ofensivo, as novidades foram Mauricio, Caio Vidal e Yuri Alberto, que ganharam as posições de Nonato, Palacios e Thiago Galhardo. No meio-campo, Lindoso foi mantido como titular já que Dourado teve diagnosticada uma lesão muscular na coxa esquerda.


Embora as peças tenham sido modificadas, a ideia de jogo seguiu igual, com o Inter se alojando no campo de ataque. Assim, conseguiu sua primeira finalização logo aos cinco minutos, quando Mauricio recuperou um corte mal feito pelo Sport, mas chutou em cima do goleiro Mailson. Instantes depois foi a vez de Moisés roubar a bola próximo da área e bater por cima do travessão.

 

Com uma rápida troca de passes, o Colorado envolveu a defesa pernambucana até que, aos 15 minutos, Caio Vidal foi derrubado dentro da área. Com frieza, Edenilson deslocou o goleiro e, de pênalti, abriu o marcador no Beira-Rio.

 

O gol fez o time adversário se soltar e, pouco a pouco, crescer na partida. Só não chegou ao empate por que Marcelo Lomba fez duas defesas de puro reflexo no mesmo lance. Primeiro, espalmando cabeçada de Thiago Neves, depois abafando o rebote de Thyere. Passado o susto, o Inter deu uma resposta forte. Aos 43, em cobrança de escanteio, Lindoso subiu mais alto que o seu marcador e estufou a rede de Mailson: 2 a 0.

 

— O time teve um bom volume. Tivemos um lance de bola parada de perigo deles, mas estou muito feliz com o desempenho da equipe e eu voltando a fazer gol depois de muito tempo. O importante é que todo mundo está em um só pensamento — comentou o volante na saída para o vestiário, no intervalo.

 

Na volta para o segundo tempo, os colorados quase ampliaram a vantagem em chute de Yuri Alberto, praticamente sem ângulo, que explodiu na trave e saiu pela linha de fundo. Porém, o Sport não se rendeu e conseguiu descontar quando, aos 16 minutos, o árbitro assinalou penalidade ao ver a bola bater no braço de Mauricio dentro da área. O ex-gremista Thiago Neves encheu o pé no meio do gol, superando Lomba.

 

Com o sinal de alerta aceso, Ramírez foi acionando o banco de reservas, mandando a campo Nonato, Praxedes e, depois, Thiago Galhardo, Patrick e Palacios. As alterações, entretanto, não surtiram efeito e o Inter foi castigado.

 

Empurrado cada vez mais para seu campo de defesa, o Inter viu André empurrar a bola para as redes aos 40 minutos. Após longo tempo de espera em que o VAR era consultado, o gol foi validado: 2 a 2.

 

Os comandados de Ramírez ainda tentaram reagir na reta final. Nos acréscimos, Thiago Galhardo marcou de calcanhar, mas o auxiliar assinalou que a bola havia saído pela linha de fundo no momento do cruzamento. Assim, não houve como evitar mais um placar decepcionante dentro de casa.

Fonte: GZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades