Publicidades

02/06/2021 | 18:39 | Polícia | Trânsito

Homem se atira na frente de caminhão após matar esposa estrangulada em SC

Segundo a Polícia Civil, suspeita é de que ele tenha se jogado contra um caminhão na BR-282 depois matar a mulher de 38 anos em Santo Amaro da Imperatriz.

Homem suspeito de matar ex-companheira foi atropelado na manhã de terça-feira - PRF/Divulgação

Um homem de 43 anos foi preso nesta terça-feira, dia 1°, suspeito de ter matado a própria esposa estrangulada. Ele está internado no Hospital Regional de São José, na Grande Florianópolis, após ter se jogado na frente de um caminhão na BR-282 em Santo Amaro da Imperatriz, na mesma região. 

 

Segundo informações da delegada Michele Rebelo, a suspeita é de que o homem preso no hospital, tenha se jogado contra um caminhão na manhã desta terça-feira, após cometer o crime contra a esposa de 38 anos. 

 

Ele ainda não prestou depoimento, mas um bilhete encontrado na residência aumenta a suspeita do crime. A mensagem orientava uma familiar para cuidar da filha de 11 anos do casal e confessava o crime, diz a delegada.

 

O homem segue internado no hospital em observação e deve prestar esclarecimentos nos próximos dias. De acordo com a delegada, o homem matou a então companheira por asfixia.

 

Segundo informações da Polícia Civil, a filha do casal acordou sem o pai na manhã de terça, foi até o quarto do casal e encontrou a mãe morta na cama. Funcionários da empresa onde o suspeito trabalhava encontraram a cena quando foram até a residência para avisar a família que ele havia sido atropelado.

 

Além do casal e da criança, o filho casal de 18 anos morava na residência, mas ele havia saído mais cedo e não percebeu o crime. O jovem também prestou depoimento na terça-feira. O casal tem outros dois filhos maiores de idade que não moram na cidade.

 

"Na noite anterior o clima estava tranquilo na casa. Ele [suspeito] tinha levado flores para ela [vítima] e ele estava tentando uma reconciliação, porque eles já estavam em processo de separação e ele não aceitava o término do relacionamento", disse Michele.

Fonte: G1

Mais notícias desta categoria

Publicidades