Publicidades

28/07/2021 | 05:49 | Esporte

Grêmio faz 3 a 0 no Vitória e encaminha classificação às quartas de final da Copa do Brasil

Ricardinho, Léo Pereira e Diogo Barbosa marcaram para o Tricolor, que pode perder em casa por até dois gols de diferença para avançar

JEFFERSON PEIXOTO / FUTURA PRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Na zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, o Grêmio deu uma alegria para a torcida na abertura das oitavas de final da Copa do Brasil. Na noite desta terça-feira (27), o Tricolor fez 3 a 0 no Vitória, no Barradão, e encaminhou a vaga para as quartas de final. Ricardinho, Léo Pereira e Diogo Barbosa foram os responsáveis pelos gols gremistas.

Com o resultado obtido em Salvador, o Grêmio poderá até perder por dois gols de diferença na Arena, na próxima terça-feira (3), que ainda assim ficará com a vaga. Antes do jogo de volta com os baianos, porém, o time de Luiz Felipe Scolari vai enfrentar o Bragantino no sábado (31), às 21h, pelo Brasileirão.

Depois de usar uma formação com três zagueiros no empate com o América-MG, no sábado (24), Felipão retornou ao sistema com linha de quatro defensores para encarar o Vitória, no Barradão. O técnico gremista ainda fez uma série de mudanças na equipe em razão de lesões e de desgaste físico. As presenças de Lucas Silva e Darlan como volantes foram algumas das novidades. No setor ofensivo, Léo Pereira, Jean Pyerre e Ricardinho acompanharam Alisson, pois Douglas Costa e Diego Souza sequer viajaram. 

Já Ramon Menezes foi no sentido contrário de Luiz Felipe Scolari e montou o Vitória no três zagueiros, diferente do que vinha fazendo na Série B. Na prática, a formação do time baiano teve uma linha de cinco defensores e o recuo do atacante da David para ajudar o trio de volantes no meio-campo. O jogo, assim, teve uma desenho bem claro desde os primeiros minutos. O Rubro-Negro marcando de forma bem recuada e o Grêmio com alta posse de bola ocupando o campo de ataque.

Com um time bastante mexido, o Tricolor mostrou dificuldade para criar jogadas pelo chão que pudessem ameaçar o goleiro Lucas Arcanjo. Ações isoladas de Alisson e Jean Pyerre terminaram em finalizações de pouco perigo. 

O Grêmio, porém, não deixou de insistir. De tanto rondar a área do Vitória, o Tricolor conseguiu balançar as redes aos 30 minutos. A jogada começou com um cruzamento de Lucas Silva e, após uma disputa entre Cedric e Alisson, a bola sobrou para Ricardinho, que teve agilidade para finalizar rápido e vencer o goleiro baiano.

Os gremistas, no entanto, tiveram uma longa espera para poder comemorar. Isso porque o VAR ficou absurdos nove minutos avaliando o lance por suposto impedimento até confirmar o gol.

Quando a bola voltou a rolar, o Tricolor quase fez o segundo gol com Alisson. Dessa vez, o goleiro Lucas Arcanjo apareceu bem e mandou para escanteio. O Vitória chegou perto de Gabriel Chapecó apenas aos 44, mas foi uma finalização fraca de Pablo Siles, insuficiente para ameaçar a vantagem gremista antes do intervalo.

Em desvantagem, Ramon Menezes desmanchou o seu esquema de três zagueiros para o segundo tempo. Já Felipão optou por voltar da mesma forma. Diferentes de jogos do Brasileirão e mesmo dos confrontos com a LDU, pela Sul-Americana, quando recuou após abrir o placar, dessa vez o Grêmio seguiu no campo de ataque na etapa final.

A vontade buscar o segundo gol foi premiada. Aos 8 minutos, o time gaúcho pressionou a saída de bola do Vitória e conseguiu a recuperação com Darlan. O volante tocou para Ricardinho, que serviu Léo Pereira. O atacante definiu com qualidade para dobrar a vantagem gremista: 2 a 0.

O segundo gol cedo deixou a partida tranquila para o Grêmio. O Vitória tentou adotar uma postura mais ofensiva, mas não mostrou qualidade para levar perigo  a Gabriel Chapecó. Com o jogo sob controle, Felipão começou a mexer a partir dos 20 minutos. O chileno Pinares foi a primeira opção no lugar de Jean Pyerre. Depois, Luiz Fernando entrou por Léo Pereira.

Na reta final do jogo, o Grêmio deixou de ser agressivo, mas soube controlar o Vitória. Felipão fez mais mudanças para ganhar fôlego e fechar espaços com  Diogo Barbosa e Victor Bobsin nas vagas de Ricardinho e Darlan. Mas Diogo Barbosa fez mais que isso. Na segunda linha pela esquerda, ele chegou à área para aproveitar cruzamento de Luiz Fernando e fazer o terceiro gol, o que deixou o Grêmio praticamente nas quartas de final da Copa do Brasil. 

O Tricolor, assim, garantiu uma boa vantagem para a volta na Arena, na próxima terça-feira, e pode aproveitar o resultado para ganhar confiança em busca dos três pontos diante do Bragantino, no sábado, pela 14ª rodada do Brasileirão.

FICHA TÉCNICA
Copa do Brasil
Oitavas de final (ida) — 27/7/2021

VITÓRIA
Lucas Arcanjo; João Victor (Guilherme, INT), Marcelo e Mateus Moraes; Cedric, Pablo Siles, João Pedro, Eduardo (Soares, INT) e Pedrinho (Roberto, 29'/2ºT); David (Ygor Catatau, 29'/2ºT) e Samuel. Técnico: Ramon Menezes.

GRÊMIO
Gabriel Chapecó; Vanderson, Ruan, Rodrigues e Cortez; Lucas Silva e Darlan (Victor Bobsin, 37'/2ºT); Léo Pereira (Luiz Fernando, 30'/2ºT), Jean Pyerre (Pinares, 21'/2ºT) e Alisson; Ricardinho (Diogo Barbosa, 37'/2ºT). Técnico: Luiz Felipe Scolari.

GOLS: Ricardinho, aos 30min do 1º tempo; Léo Pereira (G), aos 8min, Diogo Barbosa, aos 47min do 2º tempo.
CARTÕES AMARELOS: Eduardo, Pedrinho (V).
ARBITRAGEM: Flávio Rodrigues de Souza, auxiliado por Marcelo Carvalho Van Gasse e Daniel Paulo Ziolli. VAR: Márcio Henrique de Gois (quarteto paulista).
LOCAL: Estádio Barradão, em Salvador.

Próximo jogo  
Sábado, 31/7 - 21h
Bragantino x Grêmio
Nabi Abi Chedid - Brasileirão (14ª rodada)

Fonte: GZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades