Publicidades

03/08/2021 | 21:12 | Esporte

Grêmio volta a bater o Vitória e avança às quartas de final da Copa do Brasil

Jean Pyerre, de pênalti, marcou o gol do Tricolor, nesta terça-feira

Felix Zucco / Agencia RBS

O Grêmio selou a sua classificação para as quartas de final da Copa do Brasil com um magro 1 a 0 sobre o Vitória, na Arena, na noite desta terça-feira (3). O único gol da partida foi marcado por Jean Pyerre, de pênalti, nos acréscimos do primeiro tempo.

Se a atuação não encantou, o resultado serviu para o Tricolor quebrar uma sequência de sete jogos sem vitória na Arena. O último triunfo havia sido em 6 de junho, sobre o Santa Cruz, pela Recopa Gaúcha.

O Grêmio, assim irá sem o peso dessa marca negativa para o confronto com a Chapecoense, na próxima segunda-feira (9), pelo Brasileirão, onde apenas os três pontos interessam na briga para deixar as últimas posições do campeonato.

Depois de golear por 3 a 0 em Salvador, o Grêmio entrou no gramado da Arena para enfrentar o Vitória com a classificação para as quartas de final da Copa do Brasil virtualmente garantida. A partida então serviu mais como uma oportunidade para Felipão observar problemas e aprimorar detalhes no time em busca da necessária recuperação no Brasileirão. 

Neste cenário, o treinador optou por repetir a escalação da partida contra o Bragantino, no final de semana. E o que se viu nos primeiros minutos foi um Grêmio repetindo problemas do Campeonato Brasileiro.

É verdade que o placar favorável não exigia ações ofensivas da equipe. No entanto, o fato de ter do outro lado um adversário que é apenas o 15º colocado na Série B obrigava o Tricolor e se impor em campo, mas a dificuldade para criar situações de perigo ficou clara na partida.

O Grêmio até teve um gol de Ricardinho anulado aos 15, mas em lance de claro impedimento de Vanderson que só foi seguido pelo protocolo do VAR. Valendo mesmo, quem teve a primeira oportunidade foi o Vitória. Aos 17, Van cruzou da direita e Samuel cabeceou entre Geromel e Ruan uma bola que passou perto.

Tricolor foi ameaçar Lucas Arcanjo apenas aos 30 minutos. Léo Pereira caiu pela esquerda e cruzou fechado, Alisson desviou e o goleiro fez uma bela defesa. O Vitória respondeu na sequência com chute de Soares, que passou por cima da meta defendida por Gabriel Chapecó.

Passando dos 40, o Grêmio criou a primeira boa jogada pelo chão. Após chute de Ricardinho, Jean Pyerre tentou, mas, caído, João Pedro impediu o gol com a mão. O árbitro Léo Simão Holanda não percebeu, mas foi chamado pelo VAR. Mesmo sendo um lance claro, a arbitragem demorou três minutos para confirmar o pênalti. Jean Pyerre bateu e deixou o time gaúcho em vantagem: 1 a 0.

O autor do gol, no entanto, reconheceu o incômodo com a postura gremista na primeira etapa.

— A gente já chegou com um placar muito bom, mas está dentro de casa e precisa ditar o ritmo. Quando botamos a bola no chão chegamos na cara do gol deles. Tem que ter mais coragem no segundo tempo e respeitar o adversário fazendo gol. Temos que ter uma mente e uma postura vencedora. Não pode baixar a guarda — disse o meia, a caminho do vestiário.

Felipão fez duas mudanças no lado esquerdo do time para o segundo tempo. Guilherme Guedes e Luiz Fernando entraram nos lugares de Cortez e Alisson. Após pedir uma postura mais agressiva do time, Jean Pyerre se mostrou mais participativo no segundo tempo. Foi dos pés dele que vieram as primeiras oportunidades  para ampliar o placar. Aos 12, camisa 88 recebeu de Lucas Silva e acertou um potente chute que só não virou gol por bela defesa de Lucas Arcanjo. Aos 22, outra chance de Jean Pyerre. Dessa vez em uma jogada coletiva bem tralhada pelo time que terminou com uma finalização por cima do gol. 

Logo depois, Ricardinho perdeu uma chance incrível. Embaixo das traves e completamente livre, o centroavante conseguiu mandar a bola por cima do gol após jogada de Luiz Fernando.

Felipão fez mais mudanças na sequência. Thiago Santos voltou a atuar após cinco semanas entrando no lugar de Darlan enquanto Rodrigues ingressou por Vanderson para Ruan ser testado na lateral direita. Jhonat Robert foi a última troca no lugar Léo Pereira. O Grêmio voltou a baixar o ritmo e o placar foi mesmo de 1 a 0. Classificação confirma e fim da sequência ruim em casa. Mas o futebol ainda precisa melhorar para o Tricolor pensar em uma arrancada no Brasileirão.

Fonte: GZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades