Publicidades

08/08/2021 | 20:22 | Esporte

Yuri Alberto faz três, Taison desencanta e Inter goleia o Flamengo no Maracanã

Com grande atuação, Colorado aplicou 4 a 0 e derrubou invencibilidade de Renato no time carioca

RUDY TRINDADE / FRAMEPHOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

O retrospecto recente não recomendava aos colorados criar expectativa para o duelo deste domingo (8) pelo Brasileirão. Do outro lado estava o Flamengo que, desde que passou a ser treinado por Renato Portaluppi, havia vencido todos seus adversários. Porém, o Inter contrariou os prognósticos e goleou por 4 a 0 em pleno Maracanã. Os gols foram marcados por Yuri Alberto, três vezes, e Taison. 

O resultado fez com que os comandados de Diego Aguirre entrassem na zona de classificação da Copa Sul-Americana, abrindo quatro pontos para o Z-4 do Brasileirão.

À espera do bombardeio rubro-negro, o técnico uruguaio optou por reforçar o meio-campo, escalando Rodrigo Lindoso para fazer companhia a Rodrigo Dourado, com Edenilson e Patrick ajudando os laterais. O paredão fez o Inter a segurar a pressão dos donos da casa.

Logo aos oito minutos, após troca rápida de passes, Gabigol surgiu na cara de Daniel, que fechou o ângulo, forçando o erro de finalização do atacante. Instantes depois, Bruno Méndez tentou driblar Arrascaeta na entrada da área e foi desarmado. Por sorte, a bola só rondou o goleiro do Inter, sem gerar algo mais perigoso.

Foi então que os colorados resolveram mostrar suas próprias armas. Aos 18, Yuri Alberto tabelou com Edenilson e deslocou Diego Alves. De maneira surpreendente, estava aberto o placar em favor do time gaúcho. E o cenário poderia ter sido ainda mais favorável se, no lance seguinte, o centroavante tivesse acertado o alvo, aparando cruzamento rasteiro de Saravia. A conclusão, contudo, saiu pela linha de fundo.

Ao seu modo, os flamenguistas tentaram diminuir o prejuízo, mas a defesa colorada, bem postada, seguia intransponível. E assim, em um desarme limpo de Cuesta, iniciou o contra-ataque que deu origem ao segundo gol. Desta vez, Yuri Alberto tabelou com Patrick antes de fuzilar Diego Alves: 2 a 0.

Atordoados, os cariocas martelaram até o intervalo, mas foram barrados por Daniel. Na melhor chance, Bruno Henrique cabeceou à queima-roupa, de dentro da pequena área, obrigando o goleiro a defender em dois tempos.

Mas ainda havia 45 minutos pela frente e, no retorno para o segundo tempo, Isla partiu para o ataque e chutou forte. No meio do caminho, a bola explodiu em Cuesta e sacodiu a rede pelo lado de fora.

Porém, assim como ocorrera na etapa inicial, o Inter mostrou que aquilo tudo não passava de uma armadilha. Exposto, o Flamengo virou presa fácil para a velocidade de Taison. Aos nove minutos, o meia-atacante deixou para trás seus marcadores e bateu forte para marcar seu primeiro gol com a camisa colorada após seu retorno ao Beira-Rio.

O placar fez os anfitriões perderem a cabeça. Logo depois de perder um gol, em defesa de puro reflexo protagonizada por Daniel, Gabigol foi expulso por reclamação acintosa. Com um a menos, os cariocas pagaram a conta. Aos 25, Edenilson acionou Yuri Alberto, que não perdoou e marcou seu terceiro: 4 a 0.

Sem acreditar no que via, Renato chamou as estrelas do banco de reservas, como Michael, Pedro e Thiago Maia. Nada, porém, diminuiu o tamanho da vitória colorada.

FICHA TÉCNICA
Brasileirão — 15ª rodada — 8/8/2021

FLAMENGO (0)
Diego Alves; Isla, Gustavo Henrique, Léo Pereira e Filipe Luís; Willian Arão, Diego (Michael, 13’/2ºT), Everton Ribeiro (Thiago Maia, 26’/2ºT), Arrascaeta (Pedro, 26’/2ºT) e Bruno Henrique; Gabigol
Técnico: Renato Portaluppi

INTER (4)
Daniel; Saravia (Heitor, 35’/2ºT), Bruno Méndez, Victor Cuesta e Paulo Victor; Rodrigo Dourado (Johnny, 42’/2ºT), Rodrigo Lindoso, Edenilson (Guerrero, 35’/2ºT), Taison (Palacios, 26’/2ºT) e Patrick; Yuri Alberto (Caio Vidal, 42’/2ºT)
Técnico: Diego Aguirre

Gols: Yuri Alberto (I), aos 18min e 40min do 1ºT, Taison (I), aos 9min e Yuri Alberto, aos 25min do 2ºT.
Cartões amarelos: Diego (F), Gabigol, Palacios (I).
Cartão vermelho: Gabigol (F).
Arbitragem: Paulo Roberto Alves Junior, auxiliado por Victor Hugo Imazu dos Santos e Sidmar dos Santos Meurer. VAR: Adriano Milczvski (quarteto paranaense).
Local: Maracanã, no Rio de Janeiro.

Próximo jogo
Domingo, 15/7 — 20h30min
Inter x Fluminense (16ª rodada do Brasileirão)
Beira-Rio, em Porto Alegre

Fonte: GZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades