Publicidades

18/08/2021 | 21:05 | Esporte

Com gol de Borja, Grêmio bate o Cuiabá em jogo atrasado do Brasileirão

Centroavante marcou de pênalti para garantir a terceira vitória do Tricolor na competição

LUCAS UEBEL / Grêmio FBPA/Divulgação

A situação ainda está longe de ser tranquila, mas o torcedor do Grêmio respirou mais aliviado na noite desta quarta-feira (18). Atuando fora de casa, na Arena Pantanal, o Tricolor venceu o Cuiabá por 1 a 0, em partida atrasada pela 5ª rodada do Brasileirão. O gol foi marcado por Borja, de pênalti, ainda no primeiro tempo.

Mesmo que o time gaúcho não deixe o penúltimo lugar na tabela, o resultado diminuiu para quatro pontos a distância para o primeiro clube fora do Z-4, que é o próprio time mato-grossense.

A pressão pela vitória começou já na chegada da delegação ao estádio, quando um pequeno grupo de torcedores atirou pipocas no ônibus que transportava os jogadores.

Para dar uma resposta diferente, e bater o adversário direto na luta contra o rebaixamento, Felipão mexeu em diversas peças. Além de promover a estreia do paraguaio Villasanti, o treinador escalou Rodrigues no lugar do suspenso Geromel, Rafinha improvisado na lateral esquerda e Maicon no meio-campo.

— Não existe pressão maior do que a nossa, dos nossos jogadores neles próprios. Sabemos que não podemos deixar para amanhã alguma coisa que está passando do limite — comentou o comandante gremista antes da bola rolar.

O recado foi bem entendido e o Tricolor partiu para cima dos donos da casa, gerando a primeira finalização da partida em jogada construída pelo estreante Villasanti. Após roubar a bola na intermediária, o volante acionou Borja, que girou sobre o marcador e bateu alto, acima do travessão.

Aos 18, Maicon acertou passe milimétrico para Alisson invadir a área e ser derrubado pelo lateral João Lucas. Na hora, o árbitro mandou o jogo seguir. Porém, logo em seguida, acabou chamado pelo VAR para conferir as imagens. Diante da tela, voltou atrás da decisão e marcou o pênalti. Coube ao colombiano Borja deslocar Walter e abrir o placar: 1 a 0.

A vantagem deu tranquilidade, mas um lance na sequência fez até o mais duro dos gremistas se emocionar. Vencido por uma nova lesão, decorrente de um escorregão, Maicon desabou no gramado. Aos prantos, acabou substituído por Lucas Silva.

A troca fez o Grêmio baixar a guarda e ser mais pressionado pelos anfitriões. Ainda assim, conseguiu levar perigo quando Douglas Costa foi à linha de fundo e cruzou na testa de Borja. O centroavante cabeceou firme, mas no meio do gol, desperdiçando a chance de ampliar antes do intervalo.

Na volta para o segundo tempo, uma nova troca. Ironicamente, Lucas Silva, que havia entrado no lugar de Maicon, também se lesionou e deu lugar a Jean Pyerre. Entretanto, quem também ficou no vestiário foi a intensidade da equipe gremista. Logo nos primeiros minutos, Clayson surgiu livre na área e, para a sorte do Grêmio, errou o alvo.

Conforme os comandados de Felipão recuavam no campo, o Cuiabá crescia. Assim, o mesmo Clayson apareceu outra vez, acertando um belo chute de longe, que só não encontrou as redes porque Gabriel Chapecó voou no ângulo.

Talvez pelo calor sentido na capital mato-grossense, a partida foi perdendo qualidade e sendo desenhada por bolas lançadas de lado a lado. Nos minutos finais, Clayson ainda acertou o travessão gremista. Mas, para alívio da torcida tricolor, o marcador não seria mais alterado até o apito final.

Fonte: GZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades