Publicidades

28/08/2021 | 23:08 | Esporte

Grêmio perde para o Corinthians na Arena e segue na zona de rebaixamento

Jô, no segundo tempo, marcou o único gol do jogo em Porto Alegre

Mateus Bruxel / Agencia RBS

O Grêmio desperdiçou uma chance de ouro para, enfim, deixar o Z-4 do Brasileirão. Três dias depois de ter sido goleado pelo Flamengo, pela Copa do Brasil, o Tricolor recebeu o Corinthians, na Arena, na noite deste sábado (28), e foi derrotado por 1 a 0. O gol foi marcado por Jô, na segunda etapa. O resultado ainda pode fazer com que o time gaúcho perca uma posição na tabela, caso o América-MG vença o Ceará, neste domingo (29), em Belo Horizonte.

Antes do apito inicial, abraços foram trocados de lado a lado, com as presenças de Luan e Giuliano sendo saudadas pelos ex-companheiros de Arena. Mas bastou a bola rolar para que o clima amistoso fosse esquecido.

Para se impor dentro de casa, Felipão desmanchou o sistema com três volantes e escalou Campaz como armador do meio-campo. O técnico ainda optou por Ferreira no lugar do lesionado Douglas Costa e reconduziu Ruan à titularidade, devolvendo Kannemann ao banco de reservas. 

Aliás, foi o jovem zagueiro quem perdeu a primeira oportunidade, logo aos 5 minutos, cabeceando sozinho, dentro da área, mas para fora. Destino semelhante teve o cabeceio de Borja, instantes depois, desperdiçando jogada individual criada por Ferreira pelo lado esquerdo.

Com uma marcação alta e agressiva, o Tricolor empurrava o Corinthians para a defesa. Ainda assim, os paulistas não se assustaram e tentavam evoluir trocando passes rápidos. Em uma destas fugas, Giuliano pifou Mosquito, que foi desarmado por Ruan antes de finalizar. No escanteio, o zagueiro João Victor cabeceou por cima do travessão.

Em seguida, foi a vez de o torcedor gremista suar frio quando Luan recebeu na entrada da área. Mas, como o camisa 7 já não é mais nem sombra do Rei da América, o chute explodiu na defesa gremista antes de escorrer pela linha de fundo.

Chance mesmo quem produziu foi o Grêmio, minutos antes do intervalo. Em jogada de Rafinha, que caiu no gramado clamando por pênalti, Campaz encheu o pé e exigiu defesa de Cássio. No rebote, Borja não conseguiu alcançar a bola e a defesa paulista afastou, segurando o placar zerado.

Na volta do segundo tempo, o Tricolor foi baixando de ritmo e não conseguia mais imprimir sua marcação alta. Foi então que Felipão chamou Maicon e Léo Pereira de uma só vez.  Segundos depois, o time chegou por meio de cruzamento, mas Villasanti furou em bola na hora da finalização.

Aos 28, os jogadores cercaram o árbitro pedindo pênalti em Léo Pereira. Após cobrança de escanteio, o atacante apareceu na área para pegar chute de primeira, e foi atingido por Du Queiroz. Nada foi marcado a não ser o tiro de meta.

Depois de tanto martelar, o Tricolor sofreu um castigo terrível. Com uma falta aparentemente inofensiva, o Corinthians chegou pela primeira vez e, aproveitando-se de saída errada de Gabriel Chapecó, Jô escorou para o fundo das redes.

Nos minutos finais, o clima seguiu quente. A última oportunidade ainda viria em falta cobrada por Diego Souza, onde a preocupação do centroavante foi protestar um cartão vermelho para o goleiro Cássio e se esqueceu de tirar a bola da barreira. E os gremistas ainda agradeceriam por um chute de Renato Augusto explodir no travessão e não aumentar a vantagem corintiana. Enfim, a má fase parece ter voltado à Arena.

Brasileirão — 18ª rodada — 28/8/2021

GRÊMIO (0)
Gabriel Chapecó; Vanderson, Ruan, Rodrigues, Rafinha; Thiago Santos, Villasanti, Alisson, Campaz (Maicon, 19’/2ºT), Ferreira (Léo Pereira, 19’/2ºT); Borja (Diego Souza, 29’/2ºT).
Técnico: Luiz Felipe Scolari

CORINTHIANS (1)
Cássio; Du Queiroz, João Victor, Gil, Fábio Santos; Gabriel, Gustavo Mosquito (Gabriel Pereira, 42’/2ºT), Giuliano, Roni (Renato Augusto, 19’/2ºT), Luan (Vitinho, 19’/2ºT); Jô.
Técnico: Sylvinho

  • Gols: Jô (C), aos 33min do 2ºT.
  • Cartões amarelos: Maicon (G), Cássio (C).
  • Cartão vermelho: Maicon (G).
  • Arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro, auxiliado por Guilherme Dias Camilo e Ricardo Junio de Souza. VAR: Emerson de Almeida Ferreira (quarteto mineiro).
  • Local: Arena, em Porto Alegre.

Próximo jogo

Domingo, 12/9 — 11h

Grêmio x Ceará (20ª rodada do Brasileirão), Arena, em Porto Alegre

Fonte:

Mais notícias desta categoria

Publicidades