Publicidades

19/02/2022 | 18:38 | Esporte

Na estreia de Roger Machado, Grêmio goleia o São Luiz na Arena e reassume a liderança do Gauchão

Diego Souza, Rildo, Nicolas e Janderson marcaram na vitória do Tricolor, no sábado

Lauro Alves / Agencia RBS

A estreia de Roger Machado foi uma festa na Arena. Com um total domínio desde os primeiros minutos do jogo, o Grêmio goleou o São Luiz por 4 a 0 e retomou a liderança do Gauchão. Diego Souza, Rildo, Nicolas e Janderson marcaram os gols da partida válida pela 8ª rodada do Estadual, na Arena.

Agora com 17 pontos, o Grêmio fica de olho no confronto do Ypiranga com o Brasil de Pelotas neste domingo, às 16h, no Bento Freitas. Em caso de vitória, o time de Erechim pode reassumir a liderança. Roger Machado agora terá uma semana para preparar o time para o Gre-Nal do próximo sábado (26), às 19h, no Beira-Rio.

A primeira escalação de Roger Machado no retorno à Arena mostrou o caminho da nova era no Grêmio. Brenno foi definido com o goleiro titular e o meio-campo não contou com nenhum volante com aquela característica de primeiro homem mais marcador que apoiador. Os onze escolhidos foram: Brenno, Orejuela, Geromel, Bruno Alves, Nicolas, Bitello, Villasanti, Gabriel Silva, Janderson, Rildo e Diego Souza. 

Quando a bola rolou pôde ser vista a primeira diferença em relação ao início de trabalho de 2015 de Roger. O Grêmio foi montado no sistema tático 4-1-4-1 no lugar do 4-2-3-1. Villasanti ficou como volante central tendo Bitello a sua direita e Gabriel Silva a sua esquerda. 

A ideia demonstrado pelo treinador foi de buscar aproximações e combinações entre os meias e extremas, que faziam o movimentos para dentro deixando o lado do campo para os laterais. Orejuela e Nicolas avançaram bastante para dar amplitude ao time. 

O primeiro momento de sucesso dessa estratégia veio aos 8 minutos. Janderson e Bitello tabelaram com o meio-campista indo ao fundo cruzar para o atacante bater de primeira na área. O gol só não saiu graças a uma bela defesa de Renan Rocha. Um minuto depois, porém, o goleiro do São Luiz não pôde fazer nada. Novamente deslocado para a faixa central, Janderson serviu Diego Souza, que mostrou toda a sua categoria de goleador. Ele deu um toque por cima de Renan Rocha e marcou um belo gol para abrir o placar aos 9 minutos.

O São Luiz, que até então apenas se defendia, tentou sair para o jogo em busca de espaço, mas sem sucesso. Com uma marcação compactada e pressionando sempre o adversário que avançava com a bola em seu campo, o Grêmio fez Brenno sem um espectador de luxo do jogo durante o primeiro tempo.

A postura mais ousada do time de Ijuí serviu para o Tricolor ter também o contra-ataque. Alguns erros no último passe ou de tomada de decisão fizeram o segundo gol demorar, mas ele veio aos 35. Foi em uma bela jogada individual. Rildo recebeu no lado esquerdo da área e passou entre o zagueiro Rodrigo Milanez e o volante Régis ficando com o gol aberto. O garoto bateu no canto de Renan Rocha e marcou um gol para fazer a torcida lembrar dos melhores momentos de nomes como Everton Cebolinha, Pepê e Ferreira. 

O São Luiz até aumentou sua presença ofensiva na reta final da primeira etapa, mas seguiu sem ameaçar Brenno. O Tricolor foi para o intervalo com uma vantagem de 2 a 0 de acordo com sua superioridade na partida.

— Com o pouco que o Roger conseguiu passar para a gente ontem (sexta-feira, no único treino). Ele tem um jeito de jogar que prioriza a posse, com jogo mais para frente. A molecada que entrou está dando conta do recado. Tivemos um pouco de preciosismo em alguns momentos, mas, em geral, está muito bom. Estamos ganhando com propriedade e tive a felicidade de receber uma bola e fazer o gol — declarou o centroavante Diego Souza na saída do gramado.

O técnico Paulo Henrique Marques fez uma mudança para o segundo tempo em busca de alguma reação. Capa entrou no lugar de Régis. Com os mesmos onze, Roger manteve também a postura da etapa inicial. Aos 13, Rildo cruzou na medida para Bitello, que, sozinho na área, acabou cabeceando para fora perdendo a chance do terceiro.

O São Luiz seguiu com dificuldade para criar. Assim, Brenno só trabalhou aos 15 em uma bola parada. Jean Dias tentou surpreender em uma falta lateral e mandou direto para o gol, mas Brenno estava bem colocado e mandou pela linha de fundo.

Com o São Luiz todo no campo do ataque depois do escanteio, o Grêmio conseguiu um contra-ataque. Ele foi todo puxado por Gabriel Silva, que fez uma grande jogada até encontrar Nicolas. O lateral-esquerdo apareceu pela direita do ataque e mostrou tranquilidade para chutar no canto e transformar o placar em goleada: 3 a 0.

Com a vitória garantida, Roger fez as primeiras trocas no Grêmio. Rildo e Diego Souza saíram aos 22 para as entradas de Elias e Diego Churín.

Ainda deu tempo para ampliar a goleada e de ter uma confusão da arbitragem. Aos 28, Janderson recebeu de Elias e foi violentamente parado por Willian Goiano. Primeiramente, o árbitro Anderson da Silveira Farias marcou pênalti e expulsou zagueiro do São Luiz.

Quando já Janderson estava pronto para bater, porém, Anderson da Silveira Farias mudou de decisão sobre a cor do cartão após uma conversa com o quarto árbitro Marcelo Bitelbron. Willian Goiano, que já estava no vestiário, voltou e seguiu em campo levando apenas o amarelo.

Apesar da confusão, Janderson bateu o pênalti com qualidade e definiu a goleada: 4 a 0. O primeiro Grêmio de Roger Machado versão 2022 goleou e deu esperança de dias melhores para a torcida tricolor.

FICHA TÉCNICA
Gauchão -  8ª rodada – 19/02/2022
GRÊMIO X SÃO LUIZ

GRÊMIO
Brenno; Orejuela, Geromel, Bruno Alves e Nicolas; Villasanti (Victor Bobsin, 38’/2ºT); Janderson (Vini Paulista, 33’/2ºT), Bitello (Lucas Silva, 33’/2ºT), Gabriel Silva e Rildo (Elias, 22'/2ºT); Diego Souza (Churín, 2ºT). Técnico: Roger Machado.

SÃO LUIZ
Renan Rocha; Lucas Carvalho, Rodrigo Milanez, Willian Goiano e Márcio Goiano (Mizael, 38’/2ºT); Régis (Capa, INT), Jeferson Prill e Paulinho Santos; Jean Dias (Paulinho Simionato, 20'/2ºT), Juba (Taiberson, 20'/2ºT) e Ariel (Jhonata Araújo, 20'/2ºT). Técnico: Paulo Henrique Marques. 

GOLS: Diego Souza (G), aos 9min, Rildo (G), aos 35min do 1º tempo; Nicolas, aos 17min, Janderson, aos 32min do 2º tempo.
CARTÕES AMARELOS: Rildo, Janderson (G); Juba, Willian Goiano (S).
PÚBLICO PAGANTE:  9.452
PÚBLICO TOTAL: 10.433
RENDA: R$ 398.846,00
ARBITRAGEM: Anderson da Silveira Farias, auxiliado por Jorge Eduardo Bernardi e Cassio Pires Dornelles.  
LOCAL: Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

PRÓXIMO JOGO
Sábado, 26/02 -  19h
Inter x Grêmio
Beira-Rio - Gauchão (9ª rodada)

Fonte: GZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades