Publicidades

28/05/2022 | 18:44 | Esporte

Com gol de Vinicius Júnior, Real Madrid vence o Liverpool e conquista a Liga dos Campeões pela 14ª vez

Partida foi disputada neste sábado, no Stade de France, em Saint-Denis

Real Madrid apostou na defesa sólida e nos contra-ataques para superar os ingleses - FRANCK FIFE / AFP

O Real Madrid mostrou que, de fato, é a grande potência do futebol europeu. Depois de eliminar em fases anteriores equipes com até maior favoritismo, como PSG e Manchester City, o time espanhol venceu o Liverpool por 1 a 0 neste sábado (28), em Saint-Denis, e conquistou sua 14ª Liga dos Campeões. O único gol da partida foi anotado pelo brasileiro Vinicius Júnior.

Por coincidência, os ingleses não conseguiram vingar a final de 2018 quando, em Kiev, os madrilenhos — então treinados por Zinédine Zidane e com Cristiano Ronaldo no ataque — venceram por 3 a 1. Desta vez, porém, no Stade de France, coube ao técnico italiano Carlo Ancelotti conduzir os merengues a mais uma conquista.

Por conta de um tumulto entre policiais e torcedores do lado de fora do estádio, com alguns deles tendo pulado os portões, a bola foi rolar com um atraso de mais de 30 minutos. Mas, a partir do apito inicial, as equipes começaram a dar as cartas: o Liverpool com sua tradicional marcação alta e o Real explorando os contra-ataques.

Neste duelo de estratégias opostas, a pressão inglesa começou a gerar resultado a partir dos 15 minutos, com o goleiro Courtois se esticando todo para evitar que a bola de Salah, aparando cruzamento de Alexander-Arnold, entrasse em seu canto esquerdo. O egípcio ainda tentaria mais algumas vezes, mas seria o senegalês Mané quem levaria o maior perigo, acertando a trave do belga.

Dos pés de Vinicius Júnior iniciou a resposta espanhola. Ao tentar cruzar para Benzema, o atacante brasileiro quase encobriu o ex-colorado Alisson, que estava atento. Entretanto, o goleiro causaria calafrios na torcida inglesa logo a seguir.

Nos minutos finais do primeiro tempo, ele se atrapalhou dentro da área com o zagueiro Konaté e deixou a bola sobrar para Benzema, que empurrou para o fundo das redes. Para a sorte do camisa 1 da Seleção Brasileira, o VAR denunciou a posição irregular do centroavante francês, anulando o lance.

Na volta do intervalo, o Liverpool retomou sua forma mais ofensiva, embora com dificuldades para furar a defesa do Real Madrid. Mas, quanto mais se jogava ao ataque, cedia espaços. Em um destes, Valverde recebeu pelo lado direito e chutou cruzado, encontrando Vinicius Júnior sozinho na área. O ex-flamenguista apenas escorou, sem marcação: 1 a 0.

Logo após o gol, Salah apostou em uma finalização de longa distância para deixar tudo igual, mas parou em bela defesa de Courtois. Pararia novamente minutos depois, quando foi acionado de cabeça por Diogo Jota, que acabara de entrar, e esbarrou no goleiro belga que impediu o empate com os pés.

Klopp seguiu injetando sangue novo, com as entradas de Keita e Roberto Firmino. Mas qualquer que fosse a tentativa, de qualquer um dos jogadores do Liverpool, Courtois estava lá para garantir a vitória madrilenha.

FICHA TÉCNICA

Final da Liga dos Campeões - 28/05/2022

Real Madrid (1)
Courtois; Carvajal, Éder Militão, Alaba e Mendy; Casemiro, Kroos e Modric (Ceballos, 44'/2ºT); Valverde (Camavinga, 40'/2ºT), Vinicius Jr (Rodrygo, 47'/2ºT) e Benzema. Técnico: Carlo Ancelotti.

Liverpool (0)
Alisson; Alexander-Arnold, Konaté, Van Dijk e Robertson; Fabinho, Henderson (Keita, 31'/2ºT) e Thiago Alcântara (Roberto Firmino, 31'/2ºT); Salah, Mané e Luis Díaz (Diogo Jota, 19'/2ºT). Técnico: Jurgen Klopp.

Gols: Vinicius Júnior (R), aos 13 minutos do segundo tempo.
Cartões amarelos: Fabinho (L)
Local: Stade de France, em Saint-Denis, na França.
Arbitragem: Clément Turpin, auxiliado por Nicolas Danos e Cyril Gringore. VAR: Jérôme Brisard (quarteto francês).

Fonte: GZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades