Publicidades

13/06/2022 | 22:09 | Esporte

Grêmio fica no empate com o Sport e continua fora do G-4 da Série B

Jogo da 12ª rodada, disputado na Arena Pernambuco, terminou 0 a 0

Thiago Santos (D) novamente foi titular - Anderson Stevens / Sport Club do Recife/Divulgação

O Grêmio volta de Pernambuco com um ponto. Em um jogo de baixa qualidade técnica, em que as duas equipes marcaram muito mais do que criaram, a equipe de Roger Machado ficou no empate em 0 a 0 com o Sport e perdeu a chance de retornar ao G-4 contra um adversário direto pela zona de classificação para a Série A. Com 18 pontos em 12 rodadas disputadas, o clube gaúcho segue um ponto atrás da equipe de Recife.

O retorno de Villasanti, que perdeu os jogos contra Vasco e Novorizontino para participar de amistosos com a seleção do Paraguai, se confirmou como projetado. A troca para o retorno do volante ao time é que causou surpresa. Bitello, um dos principais destaques da equipe na temporada, foi o escolhido para deixar o time titular.

A opção por uma dupla de volantes de maior poder na marcação acabou tirando a capacidade do time de se organizar com a bola nos pés. Os ataques gremistas se resumiram a lances de contra-ataque e tentativas de chegar ao gol do Sport com os alas Nicolas e Edílson.

A primeira oportunidade mais clara de gol do Grêmio aconteceu apenas aos 15 minutos de jogo. Em uma boa trama no contra-ataque, Janderson acionou Nicolas. O ala cruzou buscando Elkeson, mas o cabeceio do centroavante saiu sem direção e foi direto pela linha de fundo aos 15. 

Aos 24, foi a vez de Edilson perder boa oportunidade. Após Elkeson brigar pela bola em cobrança de lateral, o ala direito teve a chance de finalizar da entrada da área. Mas o chute passou ao lado do gol de Mailson. A única chance do Sport aconteceu em um chute de fora da área de Giovanni. O jogador arriscou de muito longe e aninou a torcida na arquibanca, mas a bola passou sem riscos para Gabriel Grando.

A primeira parte da partida terminou com as duas equipes com muitas dificuldades de chegar ao gol do adversário.

Sem trocas para o seguno tempo, a primeira chance de gol foi novamente gremista. O time de Roger Machadou saiu do campo de defesa trocando passes até a entrada da área do Sport. A bola sobrou para Biel na entrada da área, que arriscou. O chute passou ao lado esquerdo do gol do time pernambucano. 

O Sport respondeu. Luciano Juba encontrou Jaderson livre, mas Kannemann soube se posicionar rapidademente e evitou que a finalização chegasse ao gol de Gabriel Grando. Na sequência, Kayky cabeceou da risca da grande área e quase surprendeu Gabriel Grando. Mas o cabeceio foi direto pela linha de fundo, passando perto da trave, com 10 minutos. Empurrado por seu torcedor, o Sport se lançou de vez ao ataque e passou a ter o controle da partida. A bola que antes ficava presa no meio do campo, passou a rondar a área do Grêmio.

Roger recorreu ao banco de reservas para tentar recolocar o Grêmio no jogo. Bitello e Elias entraram nos lugares de Villasanti e Janderson. O meio-campista quase marcou em seu primeiro minuto em campo. Bitello recebeu na entrada da área e arriscou o chute por cobertura. Mailson se esticou todo e mandou para escanteio.

Os jogadores do Grêmio ficaram pedindo pênali após cabeceio de Elkeson que Rafael Thyere tocou de ombro, mas a arbitragem não viu nenhuma irregularidade no lance. O Sport quase surpreendeu em jogada ensaiada de escanteio. Giovanni recebeu fora da área e arriscou o chute. Quase que a finalização do meia acertou o gol de Gabriel Grando. 

Aos 30, Bitello lançou Biel, que encontrou Elias completamente livre. O atacante se precicipou e chutou sem força. Mailson defendeu no meio do gol. Era a chance mais clara da partida.

De fora da área, mas em uma bela finalização, Campaz forçou fez o goleiro do Sport se esticar para evitar a vitória do Grêmio. Foi um dos poucos lances de emoção de uma partida muito abaixo tecnicamente. Antes do fim, Kannemann, que já tinha amarelo, cometeu falta e foi expulso.

Fonte: GZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades