Publicidades

09/07/2022 | 05:18 | Esporte

Grêmio vence o Náutico, se afasta do quinto colocado da Série B e encosta no Bahia

Gols do triunfo tricolor foram marcados por Ferreira, que voltou a ser titular, e Bruno Alves

Ferreira voltou a marcar pelo Grêmio - Jefferson Botega / Agencia RBS

Desta vez, não teve nenhuma expulsão. Não teve defesa de pênalti, tampouco gol que valeu título como em 2005, na famosa Batala dos Aflitos. Na noite desta sexta-feira (8), a vitória do Grêmio por 2 a 0 sobre o Náutico, na Arena, pela 17ª rodada da Série B, não teve drama, e o resultado valeu para o time se aproximar dos líderes e fincar pé no G-4.

Ainda longe do fim do campeonato, como fora no confronto de 17 anos atrás, os três pontos somados em Porto Alegre foram garantidos com gols de Ferreira e Bruno Alves. Com a vitória, o Grêmio se mantém na quarta posição, com 29 pontos, mas fica a apenas um do Bahia, terceiro colocado, e seis acima do Criciúma, primeiro fora do G-4 — que ainda joga na rodada, às 16h30min deste sábado (9), contra o Vasco, segundo com 31 pontos.

Dentro de campo, o time gaúcho tinha como novidade o retorno de Ferreira entre os titulares. E, desde o início, tentou imprimir um ritmo forte, mas os erros de passe atrapalhavam. E quem teve a primeira boa chance para marcar foi o Náutico, aos 5 minutos, com Richard Franco. Ele aproveitou cruzamento e, de cabeça, mandou por cima do gol de Gabriel Grando. Em seguida, foi a vez de Jean Carlos, o camisa 10 do time pernambucano, cobrar falta direto para fora.

Na primeira boa chegada do Grêmio, por muito pouco não saiu o gol. Depois de um bate e rebate na área, a bola sobrou para Villasanti, que acertou a trave aos 8 minutos. Era o início de uma pressão tricolor, que ainda teve chutes de Nicolas e Biel para fora.

A primeira grande oportunidade apareceu aos 17 minutos. Ferreira tabelou com Diego Souza e recebeu dentro da área, cara a cara com o goleiro. Poderia ter chutado, mas tentou um drible a mais e perdeu a bola. Na sequência da jogada, Biel recebeu bom cruzamento e chutou para fora.

A tônica do jogo era clara: o Grêmio no ataque e o Náutico em busca dos contragolpes. Foi assim que o time visitante assustou, aos 24, com Victor Ferraz, que recebeu na área e mandou para fora. Mas foi uma chegada isolada. 

O Tricolor tinha o domínio absoluto do jogo. Só faltava o gol. A equipe gremista bem que tentou, explorando os lados do campo com Biel e Ferreira. A bola, no entanto, teimava em bater nos adversários.

Quando o primeiro tempo se encaminhava para o final, apareceu a qualidade de Ferreira. Aos 42 minutos, o camisa 10 recebeu de Nicolas na esquerda, cortou para o meio e mandou um chutaço no ângulo. Foi o primeiro gol dele na temporada. Na saída para o intervalo, o atacante falou ao SporTV.

 — Representa muito. Tem sido um ano difícil, fiquei três, quatro meses parado. Não tinha marcado ainda. É um gol importante para mim, que estou voltando, para dar confiança —  afirmou Ferreira.

Os dois times voltaram para a segunda etapa sem mudanças. E o Grêmio começou do mesmo jeito que terminou o primeiro tempo: no ataque. No minuto inicial, Campaz cabeceou para fora. Mais tarde, Biel deu um chapéu digno de vinheta no lateral do Náutico. Mas chance de gol mesmo só aos 11 minutos, quando Bitello arriscou de fora da área, para fora.

O ritmo da partida diminuiu e logo o técnico Roger Machadou decidiu mexer. Chamou Pedro Lucas, que entrou na vaga de Campaz aos 23 minutos. Mas foi de um belo cruzamento de Nicolas, aos 32 minutos, que saiu o segundo gol. O lateral mandou na cabeça de Bruno Alves, que apareceu por trás da defesa do Náutico para fazer 2 a 0. 

O Grêmio ainda teve grande chance para fazer a vitória virar goleada na Arena. Aos 40 minutos, Elias, cara a cara com o goleiro, jogou em cima de Lucas Perri. No rebote, Diego Souza tentou uma cavadinha e chutou para fora.

Agora, o Tricolor terá mais de uma semana até o próximo jogo, novamente na Arena, contra o Tombense-MG, sábado, dia 16. Serão oito dias para o time treinar, descansar e ir em busca de mais uma vitória em casa na próxima rodada. Esta, sem a lembrança de uma batalha épica como havia contra o Náutico, mas com a certeza de que um bom resultado pode significar muito na luta para a equipe retornar à Série A em 2023.

Série B  17ª rodada  8/7/2022

GRÊMIO
Gabriel Grando; Rodrigo Ferreira, Geromel, Bruno Alves e Nicolas; Villasanti (Lucas Silva, 41'/2ºT) e Bitello (Sarará, 35'/2ºT); Biel (Emerson, 41'/2ºT), Campaz (Pedro Lucas, 23'/2ºT) e Ferreira (Elias, 35'/2ºT);  Diego Souza.
Técnico: Roger Machado

NÁUTICO
Lucas Perri; Carlão, Bruno Bispo e João Lucas; Thássio (Júlio, 43'/2ºT), Luis Felipe (Nascimento, 23'/2ºT), Richard Franco, Jean Carlos, Victor Ferraz (Robinho, 31', 2ºT) e Pedro Vítor; Geuvânio (Niltinho, 43'/2ºT).
Técnico: Roberto Fernandes

GOLS: Ferreira (G), aos 42min do 1º tempo, e Bruno Alves (G), aos 32min do 2º tempo
CARTÕES AMARELOS: Geuvânio, Luis Felipe, João Lucas, Thássio, Ruchard Franco (N); Nicolas (G)
LOCAL: Arena do Grêmio, em Porto Alegre
PÚBLICO: 23.879 pessoas (22.309 pagantes)
RENDA: R$ 799.321
ARBITRAGEM: Braulio da Silva Machado, auxiliado por Kleber Lucio Gil e Alex dos Santos (trio de SC). VAR: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)

Próximo jogo
Série B — 18ª Rodada
16/7/2022 — 16h30min
Grêmio x Tombense

Fonte: GZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades