Publicidades

05/08/2022 | 23:31 | Esporte

Grêmio volta a vencer fora de casa e assume a vice-liderança da Série B

Em jogo da 22ª rodada, Tricolor venceu o Guarani por 2 a 1. Agora, seca o Bahia para seguir em segundo lugar

Villasanti (C) abriu o placar no Brinco de Ouro - MATHEUS SCIAMANA / PHOTOPRESS/ESTADÃO CONTEÚDO

Exatos 100 dias depois desde a última vitória fora de casa, o Grêmio bateu o Guarani por 2 a 1 no Estádio Brinco de Ouro e encerrou a sequência de nove jogos sem vencer como visitante na Série B. 

Em busca de um resultado positivo longe da Arena, o que não ocorria desde o dia 27 de abril, quando bateu o Operário no Paraná, o time de Roger Machado contou com as reestreias de Lucas Leiva e de Guilherme como titulares para buscar os três pontos em Campinas e chegar ao 16º jogo de invencibilidade. 

Os resultados deste sábado (6) definem a colocação gremista no final da 22ª rodada. Com 40 pontos, o Tricolor torce para que o Bahia não vença o CSA para seguir em segundo lugar. A distância para o quinto lugar também depende de resultados paralelos. No melhor dos cenários, a vantagem Tricolor para o primeiro adversários fora G-4 ficará em oito pontos.

O Grêmio começou a partida com a escalação trabalhada desde os treinos da última segunda-feira. Brenno recuperou a titularidade no gol. Lucas Leiva formou a dupla de volantes com Villasanti, e teve mais liberdade para buscar o campo de ataque. Guilherme foi o atacante do lado esquerdo do campo. O período de 10 sem jogos também se mostrou favorável ao time gaúcho. Com o fôlego em dia, pressionou alto na marcação da saída de bola da equipe paulista e encontrou boas situações de finalizar deste forma.

A primeira chance de gol foi de Lucas Leiva, logo aos quatro minutos de jogo. Após cobrança de escanteio de Campaz, o volante subiu completamente livre na pequena área e errou a direção do cabeceio. A bola passou ao lado da trave esquerda. Coube ao outro volante gremista mostrar melhor pontaria. Villasanti avançou sem marcação pela faixa central e arriscou o chute da intermediária. A bola saiu sem muita força, manteve o suficiente para superar o goleiro Kozlinski. Grêmio 1 a 0 com 18 minutos de jogo.

Em mais um roubo de bola, quase que o Grêmio ampliou da mesma área do campo de onde saiu o primeiro gol. Villasanti  recuperou a posse de Derlan e acionou Diego Souza. O centroavante pisou na bola e Campaz chutou de primeira, mas a finalização saiu ao lado da goleira. 

Biel também resolveu testar Kozlinski. Aos 33, o atacante recebeu na entrada da área e arriscou, mas desta vez o goleiro do Guarani fez boa defesa. Guilherme tentou aproveitar o rebote, mas um defensor conseguiu evitar e mandou a bola pela linha de fundo. 

Os únicos sustos do primeiro tempo do Guarani aconteceram nos minutos finais. Primeiro, aos 41, Nicolas Careca finalizou de dentro da área do Grêmio e Geromel colocou a cabeça na bola, que não iria em direção ao gol de Brenno. Com 45 minutos, após cobrança de falta, Derlan ganhou de Geromel pelo alto e forçou Brenno a espalmar a bola. 

A volta para o segundo tempo não ajudou o Grêmio a recuperar o ritmo dos primeiros minutos da partida. O time seguiu desatento, dando espaços para o adversário ameaçar. Eduardo Person aproveitou uma falha dos marcadores gremistas e quase empatou em chute de fora da área aos 15 minutos. O volante avançou pela faixa central do campo e arriscou o chute de longe. Brenno teve que fazer mais uma defesa para evitar o empate. Roger recorreu ao banco de reservas para dar sangue novo ao time. Elkeson e Janderson entraram nos lugares de Diego Souza e Campaz. Uma lesão no ombro de Nicolas forçou mais uma mexida no Grêmio. Diogo Barbosa entrou para fechar o lado esquerdo. No momento em que o Guarani tinha mais de 70% da posse de bola, a estratégia de recuar finalmente deu algum resultado. 

No contra-ataque, Guilherme encontrou Biel nas costas da defesa do Guarani. O atacante bateu cruzado e marcou o segundo gol gremista com 29 minutos de jogo. Thaciano e Thiago Santos entraram nos lugares de Guilherme e de Lucas Leiva. Antes do fim, aos 49, João Victor descontou para o Guarani.

Mesmo com uma atuação de mais sustos do que projetado contra um time brigando para não ser rebaixado para a Série C, o Grêmio chegou ao 16º jogo de invencibilidade e conseguiu encerrar um dos pontos de mais críticas para a campanha da equipe. Na próxima terça-feira (9), o Tricolor recebe o Operário na Arena e terá o retorno de Bitello como opção a mais para a equipe. 

Fonte: GZH

Mais notícias desta categoria

Publicidades