Publicidades

28/10/2014 | 05:24 | Educação | Três de Maio

SETREM promoveu a 4º edição do Seminário Regional do Agronegócio

Evento contou com três palestrantes e foi realizado na quinta-feira no Salão da Comunidade Evangélica

Foto: SETREM/Divulgação

O já tradicional Seminário Regional do Agronegócio, promovido pela SETREM, chegou à 4ª edição neste ano. O evento foi realizado na quinta-feira, 23, no Salão da Comunidade Evangélica de Três de Maio. A abertura do evento aconteceu às 9h com a presença de convidados e autoridades, que destacaram a importância do setor leiteiro para a região.
A mobilidade animal foi tema da primeira palestra, com o profissional Ângelo Marcelo. Ele falou sobre os problemas de casco, uso do pé de lúvio para a prevenção de vários problemas de casco, manejo, e os cuidados que o produtor deve ter para evitar os problemas de casco nos animais. “Com o aparecimento desses problemas os animais diminuem a produção de leite”, explica Marcelo.
Em seguida o engenheiro agrônomo Antônio Carlos de Souza Lima Júnior fez análise sobre o agronegócio do leite no Brasil e no Rio Grande do Sul. Segundo ele, o Estado é o 2º maior produtor de leite do país e destacou que alguns pontos fortes como a descendência étnica e a organização social contribuem para isso. Após foi servido o almoço e realizado o sorteio de vários brindes.
O sucesso de Nivaldo
À tarde o produtor de leite Nivaldo Machetti falou sobre sua história de vida e emocionou os participantes. Nascido em Itaporanga-SP, trabalhou em fazendas de cana-de-açúcar até decidir mudar de vida e iniciar a produção de leite. Aos 34 anos, mudou para Santana do Itararé, no Paraná, onde adquiriu um sítio com solo infestado de ervas daninhas e com muita erosão. Aos poucos foi recuperando a fertilidade do solo e transformou a propriedade em uma referência na produção de leite.
Nivaldo, no início da atividade, carregava nas costas o trato das vacas e fazia a ordenha manualmente. Apesar de todas as dificuldades, a sua vontade de crescer e ser bem sucedido eram maiores. Com persistência, muito trabalho e com apoio da família, Nivaldo foi vencendo as dificuldades. Ele revela que o leite é a vida da família. “Nesses 15 anos, não tive outra fonte de renda, senão o leite. Não tenho do que reclamar” comenta.
"Nossa forma de trabalho é produzir leite a baixo custo na propriedade e de forma simples, mas eficaz. Aplicamos um sistema de pastoreio rotativo e alimentação diferenciada para inverno e verão", conta com orgulho o produtor. Hoje ele tem, além da propriedade no Paraná, também uma propriedade no Mato Grosso e viaja por todo o Brasil contando sua história e incentivando produtores rurais a buscarem a melhoria de vida com a atividade leiteira.
Para o encerramento do seminário, aconteceu o sorteio de uma ovelha, tendo como ganhadora Carla Peiter, de Três de Maio. O evento contou com apoio de Agroceres Multimix, Camera, Certhil, Emater/RS Ascar, Funcap, Prefeitura de Três de Maio e Sicredi.

Fonte: Assessoria SETREM

Mais notícias desta categoria

Publicidades