Publicidades

16/01/2014 | 10:00 | Polícia | Trânsito

Polícia identifica sétima vítima de acidente em Pouso Novo, RS

Dos sete mortos, cinco pessoas são da mesma família

Foto: Ricardo Duarte / Agencia RBS

A Polícia Rodoviária Federal divulgou na manhã desta quinta-feira (16) a identificação da sétima vítima do acidente em Pouso Novo, no Vale do Taquari, Rio Grande do Sul, que envolveu cinco veículos na noite de quarta-feira (15). Diego Kother Duarte, de 37 anos, estava em um Uno com placas de Santo Ângelo. Conforme a PRF, o carro incendiou após a colisão.
Segundo testemunhas e relato dos envolvidos à PRF, um caminhão seguia no sentido interior- capital, pela faixa da esquerda da BR-386, quando bateu na traseira do veículo que seguia à frente no mesmo sentido, um Tipo. Este carro foi impulsionado para a faixa contrária, colidindo na traseira de um Premio.
Com o impacto, o Tipo se deslocou para a pista contrária, colidindo lateralmente com o Uno, que seguia no sentido capital-interior, na faixa da esquerda. Estes dois veículos incendiaram sobre a pista. Em razão do acidente, houve bloqueio na pista durante cinco horas.
Um Corolla que seguia sentido capital-interior, ao lado do Uno, na faixa da direita, teve a lateral esquerda danificada no choque dos dois últimos veículos, mas ninguém ficou ferido.
Cinco vítimas estavam no Tipo e eram da mesma família. Elas voltavam do enterro de um parente em Tiradentes do Sul. O motorista do caminhão e do Uno completam as vítimas do acidente. Quatro pessoas do Premio tiveram ferimentos leves, foram levadas a um hospital e liberadas durante a madrugada.
A PRF suspeita que o caminhão tenha perdido os freios. "Aqui acontecem vários acidentes, justamente devido ao declive, onde muitos caminhões perdem os freios pela inexperiência e desconhecimento do local", ressaltou o policial rodoviário Roberto Stein.
Jovem perdeu a família no acidente
Sobrevivente da tragédia, Vilson Schimitz, de 24 anos, estava no Premio com outros três parentes. Ele perdeu cinco familiares que estavam no Tipo. Pai, mãe, um outro irmão e duas tias dele morreram no local.
Após o acidente, ele relatou ao G1 alguns dos momentos dramáticos que se seguiram à sequência de colisões provocadas por um caminhão que teria perdido os freios no km 308 da rodovia.
“Foi tudo muito rápido. Quando vi nosso carro rodopiou várias vezes. O outro carro, onde estavam meu pai, minha mãe, um de meus irmãos, e duas tias foi atingido em cheio. Tentei socorrer eles, mas o carro pegou fogo e não deu tempo de mais nada”, contou.
A identificação das vítimas, segundo a PRF
Caminhão, de São Miguel das Missões (RS)
Edson Fontana Alves, 37 anos, motorista, morador de Entre-Ijuís (RS).
Tipo, de Tubarão (SC)
Alison Barbosa Schmitz, 22 anos, morador de Canoas (RS), motorista
Janete Barbosa Schimitz, 41 anos
Assumção Schmitz, 50 anos
Zilda Schmitt, 53 anos
Sueli Schmitz, 50 anos
Todos morreram no local do acidente.
Uno, de Santo Ângelo (RS)
Diego Kother Duarte, 37 anos, morreu no local.
Premio, de Porto Alegre
Quatro feridos já liberados do hospital.
Corolla, de Promissão (SP)
Ocupado por quatro pessoas, todas ilesas.
Leia mais

Fonte: G1

Mais notícias desta categoria

Publicidades